A antropóloga Marta Azavedo (UNICAMP), com a
programação para o seminário de demografia dos povos indígenas.Este seminário tem o objetivo de melhorar a captação de informações sobre os indígenas no censo 2010 do IBGE. *
*Vejam o corpo do e-mail abaixo, bem como o anexo com programação e cartaz!*
*Abraços,*
sérgio

Caros amigos,

O seminário de demografia dos povos
indígenas.Será realizando o seminário com o objetivo de melhorar a captação de informações sobre os indígenas no censo 2010 do IBGE.
Segue o cartaz e programa, qualquer informação podem entrar em contato
comigo…
Abraços,
Marta Maria Azevedo

Programação

TEMPO DE DEBATE
CICLO COMEMORATIVO
NEPO 25 ANOS

III Seminário de Demografia dos Povos Indígenas no Brasil
“Os censos demográficos brasileiros e os indígenas”

8 e 9 de outubro de 2007
Auditório do NEPO/UNICAMP
Campinas, SP – Brasil

GT Demografia dos Povos Indígenas da ABEP

Apoio:

Programação:
Dia 8, segunda feira:
10:30hs mesa de abertura
Rosana Baeninger (coordenadora do NEPO), representante COCEN, representante da diretoria da ABEP, Marta Maria Azevedo (coordenadora do GT Demografia dos Povos Indígenas da ABEP)

11:00hs
mesa redonda: “A importância dos censos demográficos para a produção de conhecimento sobre os povos indígenas”
John Manuel Monteiro (IFCH/Unicamp), Heloísa Pagliaro (Unifesp), Jecinaldo B. Cabral Sateré (coordenador COIAB)
Coordenador: João Pacheco (Museu Nacional/UFRJ e Fundaj)

14:00hs
mesa redonda: “Quem são os auto-declarados indígenas nos censos 1991 e 2000?”
Nilza Martins Pereira (IBGE), representante da Diretoria de Pesquisa IBGE (a confirmar), Marta Azevedo (NEPO/Unicamp)
Coordenadora: Luciene Guimarães de Souza

16:00hs
Debates

Dia 9, terça feira:
9:00hs
mesa redonda: “Aperfeiçoamento das metodologias de captação de informações sobre os povos indígenas pelos censos nacionais”
Ricardo Ventura Santos (FIOCRUZ, UFRJ), Gersem dos Santos Luciano Baniwa (assessor COIAB), Jecinaldo B. Cabral Sateré (COIAB), Nilza Martins Pereira (IBGE).
Coordenadora: Marta Azevedo (NEPO/Unicamp)

13:00hs – Encerramento

Resenha

Construindo a
demografia dos povos
indígenas
Carlos Eugenio de Carvalho Ferreira*
PAGLIARO, H., AZEVEDO, M.M. e
SANTOS, R.V. (Orgs.). Demografia dos
povos indígenas no Brasil. Rio de
Janeiro: Editora Fiocruz e Associação
Brasileira de Estudos Populacionais –
Abep, 2005. 192 páginas.
O lançamento deste livro, por ocasião
do II Seminário de Demografia e Saúde dos
Povos Indígenas, representa excelente
oportunidade para uma reflexão sobre o
conhecimento demográfico das sociedades
indígenas em nosso país. Esta edição teve
sua origem no âmbito das atividades do
Comitê de Demografia dos Povos Indígenas
da Associação Brasileira de Estudos
Populacionais (Abep), criado em março de
2002. As primeiras articulações do Comitê
resultaram na apresentação de duas
sessões temáticas e uma mesa-redonda,
realizadas no XIII Encontro da Abep, em
Ouro Preto. No ano seguinte (2003), o
Comitê organizou o primeiro seminário
sobre Demografia dos Povos Indígenas no
Brasil, que contou com a participação de
pesquisadores de distintas áreas, destacando-
se a do professor John Early, da
Florida Atlantic University, autor de relevantes
estudos sobre os yanomami.
O estudo das minorias étnicas sempre
foi uma preocupação da Abep e esse tema
já estava presente no programa científico
de encontros nacionais, na década de 80.
O III Encontro, realizado em Vitória em 1982,
contemplou a sessão “Demografia dos
Grupos Étnicos Minoritários”, em que foram
discutidos quatro trabalhos que abordavam
a problemática da dinâmica populacional
indígena. O IV Encontro Nacional, ocorrido
* Chefe da Divisão de Projeções Demográficas da Fundação SEADE.
em Águas de São Pedro em 1984, dedicou
uma sessão ao tema “Etnia e População”,
quando também foram apresentados
estudos sobre a demografia das sociedades
indígenas. O debate promovido pela Abep
estimulou a continuidade dos trabalhos de
pesquisa e a acumulação de conhecimento
sobre o tema.
A atual publicação está estruturada em
nove capítulos, que correspondem a nove
textos analíticos elaborados por pesquisadores
de distintas áreas do conhecimento,
proporcionando um amplo panorama da
situação demográfica indígena. Foram
analisadas diversas questões relativas à
dinâmica demográfica e seu relacionamento
com as características culturais dos
diferentes povos indígenas, destacando-se
a problemática da crise demográfica e a
recuperação observada posteriormente na
maioria dos povos indígenas.
Inicialmente, Heloísa Pagliaro, Marta
Azevedo e Ricardo Ventura apresentam um
panorama crítico sobre o tema central da
publicação, apontando fatores que dificultam
os estudos na área da demografia
dos povos indígenas. Em seguida, fazem
uma revisão da literatura, identificando os
principais estudos já realizados sobre o
tema, o que facilita a leitura e a compreensão
dos demais capítulos, sobretudo
para os leitores não iniciados nas questões
indígenas.
Entre as constatações apontadas, cabe
destacar a precariedade das fontes de dados
demográficos sobre as sociedades indígenas,
o que constitui uma séria dificuldade
para análise demográfica. Uma das maneiras
para superar esse obstáculo é a
realização de pesquisas em profundidade,
por meio de entrevistas com as pessoas, no
sentido de recuperar informações demográficas.
Essa alternativa também enfrenta
dificuldades de várias naturezas, tais como
os problemas operacionais, relacionados às
distâncias geográficas e ao tempo exigido
pelas pesquisas, e os de comunicação com
os indivíduos entrevistados…

MAIS INFORMAÇÕES PROCURE NO LINK ABAIXO
http://www.abep.nepo.unicamp.br/docs/rev_inf/vol22_n1_2005/vol22_n1_2005_14notasdepesquisa_p201a204.pdf

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here