A hipertensão é uma doença que deve ser controlada e o remédio não pode faltar por tanto tempo. Quem está doente não pode esperar.

Esses pacientes fazem consulta na área com médicos contratados pela Funasa, mas quem determina se os doentes vam receber os medicamentos é o farmacêutico, pois o farmacêutico decidi se é necessário o paciente vai receber o remédio, então para quer médicos na área indígena?

O próprio farmacêutico poderia consultar essas pessoas e indicar o medicamento adequado, o medicamento não pode ser caro, tem que ter o valor mínimo.

Se não há um controle da pressão arterial , esses pacientes sempre são levados ao hospital , recebem o atendimento de primeiros socorros e voltam para casa.Já que no pronto socorro os médicos não podem receitar remédios
.
Essa liberação é feita em Recife por um farmacêutico contratado pela Funasa

Assim esses doentes ficam a espera de um milagre . Orando a Deus todos os dias por continuarem vivos , já que só tem Deus por eles,

Até quando devemos esperar por essas pessoas , que não estão nem aí com a saúde do povo indígena pankararu.

Será a burrocracia que atrapalha essa liberação de medicamentos ou a falta de interesse dos dirigentes da Funasa?

Tainá Pankararu
tainá@indiosonline.org.br
tainá.pankararu@hotmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É uma grande vergonha para fns pois sabemos que tem uma verba especialmente para esse fin ;e onde é que foi parar essa verba? pois sei que nem todos tem condições financeiras para comprar;e como irá ficar essa situação se não for resolvida

  2. É uma grande vergonha para fns pois sabemos que tem uma verba especialmente para esse fin ;e onde é que foi parar essa verba? pois sei que nem todos tem condições financeiras para comprar;e como irá ficar essa situação se não for resolvida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here