Para alegria de toda nação Pankararu, seis alunos da Escola Pankararus Ezequiel, participaram pela primeira vez, da olimpíadas de matemática, isso tudo foi fruto do trabalho de busca da melhoria na qualidade, da educação escolar indígena do Professor Pankararu de Matemática Israel Urbano Ramos.
Que com seu grande compromisso, com seus alunos, acreditou em seus potenciais e os escreveram na olimpíadas, que foi realizada no dia 18 de Novembro de 2006, na Escola Sergio Magalhães, no município de Tacaratu – PE. Mas ainda não saiu o resultado, das provas, mas só de participarem de um evento desse, de tanta importância nacional, já é uma grande vitória para o povo Pankararu, e que esse ano seja a primeira participação de muitas que viram. Pois essa participação, aumentou a alto estima dos alunos participantes, e causou o interesse, de outros a participarem nos próximos anos.
Certo que para muita gente, esse acontecimento não pode dizer nada, mas para a educação escolar indígena, isso é uma grande vitória, pois no inicio a educação indígena, foi taxada como incapaz, de promover eu ensino e aprendizagem de qualidade.

E que os professores indígenas, não tinham competência para certas funções pedagógicas, e isso mostra que os professores indígenas, tem tanta qualidade ou, mas do que os da cidade, pois os professores tem um fator a mas do que os da cidade, que é a cumplicidade com seus alunos, e esse fator não se encontra com freqüências, nas escolas Urbanas. E os seis alunos, da Escola Pankararus, passando ou não para faze final das olimpíadas, encheu a comunidade Pankararu, de orgulho e satisfação.

Solange Monteiro “Cunhã”
Email: solange@indiosonline.org.br.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Olá Solange,
    Eu sou pedagoga e digo que é importante sim a participação dos alunos de Pankararu na Olimpíadade matemática. Também quero dizer da minha crença e confiança de que os professores indígenas podem e vão produzir uma educação diferenciada e de qualidade, e não é só porque eles são cumplices de seus alunos, mas também por terem uma visão integrada da vida e do processo de aprendizagem, o senso de solidariedade e respeito a Na- tureza, a dedicação para seguir aprendendo cada vez mais

  2. É isso aí, guerreira Solange!!!
    Não esquecendo que o que mais importa não é seguir os moldes de avaliação e de competição dos não índios mas, antes de tudo ter consciência de vossa capacidade e força de luta!
    Parabéns pela iniciativa e sucesso!
    Estou com vcs!
    A LUTA CONTINUA…SEMPRE!!!

  3. Fico contente de saber que temos pessoas dispostas a trabalhar com os indios e a matematica. Aproveite os conhecimentos naturais que eles tem e acrescente o aprendizado atraves dos calculos sistematizados.
    continue firme.

  4. Exatamente isso é mais uma grande vitória:
    Dos professores que acreditam na Educação diferenciada e sua grande importância, dos alunos por seu intelecto, sua cumplicidade e segurança transmitida a eles por seus professores. O trabalho rende frutos a todos.
    Parabéns, esse é apenas o começo de uma longa caminhada, mas é esse começo nos leva a trilha que nos assegurará o comando de nosso destino no futuro. A semente germina depois de regada!
    Parabéns alunos, parabéns professores.
    Abraço a todos.

  5. Ficamos orgulhosos e orgulhoras por serem alunos do nosso povo. Isso demonstra porque temos que lutar por educação de qualidade em nossas escolas e isso começa por nós educadores e educadoras. Valorizar nossa educação com um trabalho de compromisso.

    Elisa Pankararu.

  6. Estou fazendo um trabalho sobre indigenas devido ao mês de abril, o mês do índio, então por tudo que ja pesquisei a respeito, digo que concordo com possibilidade de indios não serem consd. indigentes[…].

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here