No momento em que escrevo essas linhas estou em ônibus que peguei em Salvador rumo a Belém do Pará. Estou indo participar da 1ª Oficina de Qualificação do Projeto Celulares Indígenas finaciado pela Oi Futuro e do Fórum Social Mundial.

A vontade de estar escrevendo este texto tem um pouco de indignação. o fórum Social Mundial (FSM) será um espaço de discussões mundiais e que este ano tem como temática os Povos Originários e diz que terá a maior participação de indígenas de todos os Fóruns Mundiais.

Mas eu pergunto: Os índios estão sabendo isso? Na minha aldeia ( Aldeia Itapoã – Aguas de Olivença- Ilhéus-Ba) não chegou nenhuma informação a este respeito. Estou indo pois participo do Projeto Celulares Indígenas e trabalho com Internet onde as informações circulam. Mas nas aldeias onde não há nem energia, a informção chegou? Quem ficou responsável por essa divulgação? Diz-se que há vagas para 2.000 índios… e cadê eles? Como foram escolhidos? Os índios do Nordeste vão se fazer presentes???

É triste ver as próprias instituições indígenas com preconceito com os próprios parentes. É triste dizer mas existe um preconceito para com os indígenas do Nordeste.

Queira Tupã eu esteja errada! Que quando o FSM iniciar no dias 27 de janeiro tenha representatividade das mais variadas nações indígenas brasileiras.

Uma outra pergunta é: tendo vários representantes das mais variadas nações indígenas, esses representantes tem representatividade no seu povo? Eles foram democraticamente escolhidos?

A realidade é que em muitos encontros e Fóruns são escolhodos para ir os índios que estão nas cidades e que muitas vezes nem conhecem mais as problemáticas de seu povo.

É triste isso, mas muitas vezes é gasto um montante enorme de dinheiro público com passagens e hospedagem e de concreto para as comunidades nao chaga nada.

Espero que este Fórum seja diferente, que chegue lá e haja bastante parentes compromissados com o seu povo.

E você parente??? Estava sabendo do Fórum Social Mundial??

Potyra Tê Tupinambá.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Com certeza esse encontro em Belém é de grande importância para a valorização de nossa história e nossa cultura. Parabéns a todos que estão na luta por mais uma luta.

  2. Fiquei sabendo por alto sobre este evento, e gostaria de saber se os indios do Nordeste estaram presente neste evento, pois até o momento não conheço ninguem do Nordeste que está indo para lá, olha que sempre estou conectado na net mas dessa vez, não fiquei sabendo de nada!!!

    gilbertopataxo@hotmail.com

  3. Ivana Minha amiga entre em contato comigo. preciso falar com vc.

  4. Não sou diretamente parente indigena, mas tenho certeza se for investigar bem a fundo algum resquicio do sangue índio deve correr em minhas veias, como em de muitos brasileiros.
    Compartilho com a indigação da irmã indigena, tem muita gente se promovendo com a questão dos índio, mas as suas reais necessidades nunca são solucionadas.
    Já na aguento mais ver os irmãos indios em minha cidade Santa Maria no RS, mendigando ou vivendo em uma situação de miseria sem que as autoridades deem o valor que merecem e o povo da cidade o respeito que precisam.
    Espero que o FSM não fique só na retoria e discursos vazios e sim em propostas concretas para a inclusão e participação dos indios em nossa sociedade com a ua devida participação.
    Acho dificil o sistema capitalista incluir alguem mas não custa tentar.
    Um abraço a todos os irmão, não de sangue mas de luta !
    CACAIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here