O indígena Pankararu, Miguel Antonio da Silva, Técnico em Agropecuária, cansado de tanto ouvir falar só na teoria de preservação do meio ambiente, resolveu agir e colocar em prática seus conhecimentos.

 

 

 
Segundo o T.A. Miguel Pankararu, informou que a possibilidade de se construir uma hortinha nas proximidades das Escolas e residências é muito simples, basta ter boa vontade e amor a nossa mãe terra.

 


Em tachos feitos de pneus velhos, uma Unidade Demonstrativa está sendo construída para servir de exemplos mesmo não tendo uma área de terra e sim resíduos sólidos encontrados e transformados em base para substituir os canteiros é possível cultivar verduras, cheiro verde, erva medicinal e até cultivar o morango. O Indígena e Educador Social confirmou que pretende construir hortinhas em Escolas da rede Estadual, só depende de incentivo e apoio para levar conhecimentos científicos e tecnológicos aos irmãos Pankararu.

 


 

 

 

 

 

Utilizando pneus velhos, carrinho de mãos, baldes, bacia, canos de PVC, embalagens, garrafas peti, madeiras etc. O indígena contribui com a transformação, preservação e a decoração do seu próprio ambiente.

 

 

 

 

 

 
Qando citei a nossa feira livre para ser comercializado os produtos 100% orgânico, ouvi como resposta que a preocupação no momento é com a barriga, não é justo comprar os produtos que podemos cultivar e produzir para saciar a nossa fome; Depois iremos pensar em produção, construindo outros tipos de hortas do tipo pais e mandalas.
Lixo é tudo aquilo que não se pode ser reutilizado.

miguelpankararu@hotmail.com

Comentários via Facebook

1 COMENTÁRIO

  1. Olá! Gostaria de saber qual é a cidade/comunidade em questão na matéria.

    Hoje na Virada Digital em Paraty conheci membros da comunidade indígena e um dos pontos que destacamos foi que em uma época em que o cultivo do orgânico, transgênicos, agrotóxicos, autonomia e autosuficiência e outros temas estão em discussão, nada mais justo do que relembrarmos o Brasil que ninguém melhor que a nação indígena para nos ensinar novamente como respeitar a mãe terra e dela tirar o nosso sustento com centenas de anos de conhecimento.

    Vi pela Wikipedia que os Pankararu ocupam uma região próxima ao São Francisco no interior de Pernambuco. Gostaria de saber onde, exatamente.

    Excelente iniciativa! Precisamos compartilhar esse belo conhecimento e estimular essas pequenas produções. Abraços!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here