Um dia, entre essas moças, havia ama jovem muito bonita meiga e inocente.
Leonor era o seu nome. Ela estava vivendo pela primeira vez, o dia que veio sua regra.
Leonor não sabia, não podia comer comida carregadas como caças por exemplo.
Ela comeu um quarto de juriti.
Com o passar dos dias, Leonor foi ficando diferente…
O povo dizia que ela estava criando penas.
Mas não eram penas.
No seu corpo estava nascendo algo como escamas de peixe. Todos estavam ficando com medo dela.
Os índios sábios, que tinham o poder, combinaram prende-la numa gruta benzendo com um arco de flecha, e com palavras. Muitos dos nossos antepassados acompanharam e há viram sendo levada para serra. Lá, ela ficou presa nas ordens dos sábios pankararu. Quando os índios voltaram na gruta não mais encontraram Leonor, disseram que ela tinha se encantado ou virado bicho. São todos os anos, quando as moças iam buscar umbu no barrial chamavam por ela, gritando vamos Leonor! Vamos Leonor! Ela respondia. Esperem por mim que eu também vou! Muitos anos se passaram até que Leonor deixou de responder. Dizem que a gruta onde Leonor ficou colocada se fechou e a serra ficou conhecida como a serra da Leonor.

airypank
rosipank@hotnail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Acho muito importante a divulgação de nossa cultura para que outros povos saibam de nossas lindas historias

  2. Gostei muito da forma que foi escrita, para que as pessoas que ñ conhecse passarem a ter conhecimento de um pouco de nossas histórias…

  3. Eu apenas tenho a dizer que foi bastante interessante esta lenda , pois são muito importante para nós lembrarmos dessas pessoas do tempo antigo . Elas também lembram o tempo em que tudo era mais fácil , ou seja : O TEMPO ENCANTADO.

  4. Eu apenas tenho a dizer que foi bastante interessante esta lenda , pois são muito importante para nós lembrarmos dessas pessoas do tempo antigo . Elas também lembram o tempo em que tudo era mais fácil , ou seja : O TEMPO ENCANTADO.

  5. primeiramente , parábens , pois você mostrou que a nossa aldeia tem belas historias a ser contadas, e eh isso sempre teremos belas historias a ser contadas

  6. Gostei muito dessa história de Leonor, por fazer parte da cultura, parabéns parente fazemos história registrando história, quando escrevemos bastante percebemos que fazemos nossa parte para preservação do patrimônio cultural indígena e da humanidade. Nhenety Kariri-Xocó.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here