A Reserva Francisco Horta Barbosa pelo Decreto Estadual n 401, 3 de Setembro de 1917 reservou uma área de 3 600 ha de terras na cidade de Dourados, com isso criando as aldeias Jaguapirú e Bororó. Essa foi a segunda reserva a ser demarcada no estado de Mato Grosso do Sul. (Fontes: Terras indígenas no Brasil-CEDI/PETI (1990), FUNAI, FNS E Levantamento documental.
Segundo dados da FUNASA a reserva possui cerca de 13 mil índios da etnia Guarani, Kaiowá e Terena, sendo que grande parte dos Guarani/Kaiowá residem na aldeia Bororó e os Terena ocupando a aldeia Jaguapirú. Sabe-se que o território original já não é o mesmo, a atual área é de 3 500 ha, ou seja, foram perdidos 100 hectares de terra para proprietários circunvizinhos.
Os hábitos culturais dos povos originais vêm sofrendo transformação devido à proximidade que a aldeia se encontra da cidade de Dourados e Itaporã. Os Guarani/kaiowá tiveram que se adaptar em pouco tempo, com a vida cercada de cidades, gerando para a comunidade impactos culturais, trazendo com isso vários conflito para a comunidade. Isso contribuiu para o surgimento e acarretando mais Patologias nas aldeias. Como a hipertensão arterial em idosos.
“A Hipertensão, palavra que quer dizer “pressão aumentada do sangue” significa pressão arterial elevada, ocorrendo, aproximadamente, em uma de cada cinco pessoas antes do termino de suas vidas, em geral na meia idade ou na velhice. A pressão arterial excessiva da hipertensão pode provocar a ruptura de vasos sanguíneos cerebrais, dando origem aos “acidentes vasculares cerebrais”, bem como dos vasos renais, causando “insuficiência renal”, ou dos vasos de outros órgãos vitais, produzindo cegueira, surdez, ataques cardíacos etc. Por outro lado, também pode representar carga excessiva para o coração, levando a sua insuficiência. Por essas razões, um dos mais importantes problemas da fisiologia é o de determinar as causas da hipertensão.” (Guyton. Arthur c. Fisiologia Humana, Sexta edição, pág. 253).

indy.ramires@gmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Um interessante trabalho, pois viza um conhecimento mais amplo, sobre a saúde indigina, tanto da aldeia bororo, quanto das demais,……

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here