Por: Kaluanã   Tupinambá
Ha quinhentos anos atrás os portugueses invadiram nossas terras, deram o nome de Brasil a nosso território ancestral e apelidaram os nativos como índios, achando que tinham chegado a índia. Ai começou toda a desgraça contraos povos nativos, contra os verdadeiros guardiões dessa terra. Os portugueses enganaram, mataram, escravizaram, estruparam anossas índias e dizimaram muitos povos.

Aqueles povos que não morreram foram forçados a fazer tudo que os portugueses queriam. Não falar mais nossa língua materna, obrigaram-nos a vestir roupas e não fazer  mais nosso ritual sagrado, ou seja,querendo descaracterizar um povo que sempre teve sua própria cultura.

Hoje estamos exigindo nossos direitos, que sabemos que temos desde muito tempo bem antes da invasão. Mastambém  queremos  lembrar nossos  direitos que estão escritos perante a Constituição Brasileira, onde tem a obrigação de demarcar, homologar e desintruzar todo nossoterritório tradicional e ancestral. Território onde vivemos os índios e que em pleno século 21, nós Tupinambá de Olivença sofremos discriminação, preconceito e até ameaça de morte, sem nenhum respeito com nós índios que sempre tivemos nosso jeito de viver.

Agora os fazendeiros e o resto dos coronéis, falam que vivem nessa terra ha 80 anos, mas eles esquecem que bem antes de Pedro Álvares  Cabral  invadir  o Brasil,  nos   nativos  chamados de índios da  etnia Tupinambá, já habitávamos  essas  terras.

Governo, fazendeiros e coronéis não falam dessa divida que tem com o povo Tupinambá de Olivença.Lembremos que em 1560 Men De Sá ordenou que matassem todos os Tupinambá de Olivença, o que ficou conhecido na história como a Batalha dos Nadadores no rio Cururupi, que significa rio dos sapos. Mas também ficou conhecido como rio de sangue porque a água do rio ficou vermelha como sangue. Centenas de corpos dos guerreiros Tupinambá foram colocados enfileirados no meio da praia. Quem não morreu fugiu.

Mesmo todo mal que os portugueses, fazendeiros e coronéis fazem contra nós índios Tupinambá de Olivença eles tem que saber que das árvores que eles derrubaram, ficaram muitas sementes e essas sementes brotaram e vem brotando a cada dia que passa.

 

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Parabens pela lucidez do texto…
    Só uma pequena correção: O termo Indio foi utilizado pela primeira vez em 1492 por Cristovão Colombo quando da chegada a America.
    Oito anos depois foi utilizado pelos portugueses para nos caracterizar segundo o olhar deles. A palavra Indio, como a maioria das palavras em português, é derivado do latim.
    Subdivide-se em duas partes In-dio. Dio significa Deus em latim.
    e o prefixo In é a negação. Por exemplo descente e in-descente.
    Portanto a palavra Indio quer dizer “sem-deus” ou seja “pagão”!
    Durante estes mais de 500 anos ele tentaram ocultar Deus TUPÃ!
    Porisso a perseguição aos nossos rituais, a nossa cultura, a nossa lingua. Pelo fato de serem brancos se jugam superior….
    Para mim todos são de carne e osso… Já rodei por ai… e nunca vi nada diferente…
    Nosso grande arma é a Consciência…do passado…,do presente, e do futuro, que juntos iremos construir…

    Parabens novamente…
    Tataendy Xondaro – Guerreiro de TUPÃ

  2. É isso mesmo guerreirx!!

    A nossa luta será sempre uma luta desigual mas enquanto houver respiro resistimos!!

    Imagine que segundo os falsos dados do IBGE (2010) somos cerca de 900 mil pessoas declaradas indígenas. Mentira pois duvido que estão contando os povos indígenas misturados (dentre eles o povo Quixelô) e mais um monte do sertão. Eu mesmo não respondi ao questionário pois não estava. Me considero indígena mas sou filhx de um pai de sei lá que europa e uma nativx misturada Quixelô. Onde a hipocrisia anti-indígena vai nos contabilizar como nativos? Nem aqui nem em outra galáxia!!

    As vistas grossas não são apenas nessa burocracia anti-indígena ela está na cidade, na universidade por onde vamos estamos no não-lugar. Nessa história mentirosa que nos produzem para perpetuar!!

    A subjetividade colonial está por todo canto inclusive tem que estar em nós e assim vamos vivendo nessa esquizofrenia de calamidades.

    Assim como não está em nenhum espaço que para os povos indígena tapuias é a nossa Deusa de assombrosas tetas que nos protege.

    Marleide Quixelô – Guerreirx da Deusa que mora na constelação Ursa Maior

  3. Tataendy parabens pela mensagem.
    Bem.Dizem que eu sou “descendente” de índios, porém faço uma pergunta? Como posso ser DESCENDENTE de índios se continuo morando na Terra dos meus antepassados? minha 2 bisavós por parte de pai e mae eram índias( filhas da Terra e sangue da Terra verdadeiros brasileiros).minha bisavós foram roubadas da tribo, o portugues e o espanhol, se casaram com eles e tiveram filhos, mas infelizmente nao continuaram com a cultura indigena que é rica e milenar.
    Hora bolas, eu sou índios também e com orgulho, sou mistura (indios, portugues, espanhol e negro) e tenho é vergonha do que fizeram com os negros e os indios.
    Revoltante saber que ainda continuam desta forma.
    No minimo respeitos pelo indios. NO MINIMO

  4. Tataendy parabens pela mensagem.
    Bem.Dizem que eu sou “descendente” de índios, porém faço uma pergunta? Como posso ser DESCENDENTE de índios se continuo morando na Terra dos meus antepassados? minha 2 bisavós por parte de pai e mae eram índias( filhas da Terra e sangue da Terra verdadeiros brasileiros).minha bisavós foram roubadas da tribo, o portugues e o espanhol, se casaram com elas e tiveram filhos, mas infelizmente nao continuaram com a cultura indigena que é rica e milenar.
    Hora bolas, eu sou índios também e com orgulho, sou mistura (indios, portugues, espanhol e negro) e tenho é vergonha do que fizeram com os negros e os indios.
    Revoltante saber que ainda continuam desta forma.
    No minimo respeitos pelo indios. NO MINIMO

  5. So irei dizer uma coisa…Os indios teram seus direitos de volta e sua cultura bem mostrada com seus ensinamentos brilhando muldialmente esse dia esta perto ai entao irao reconhecer a verdade nos encinamentos ancestrais que devemos proteger.Desta vez temos a ajuda de todos os Grandes Irmaos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here