Por favor, as pessoas que for participar, enivar seus dados para o GESAC com urgencia! e comentem esta materia para agente ir sabendo quem somos os que vamos!
Abraço – Sebas

Projeto apresentado pelo Grupo de Trabalho composto por membros do GESAC, FUNASA e do Fórum de Presidentes dos Conselhos Distritais de Saúde Indígena.

Brasília/DF, outubro de 2006

Evento: I Encontro Nacional de Multiplicador@s em Saúde Indígena do Programa GESAC

Período: de 15 a 17 de julho de 2006

Local: Brasília/DF

Número Estimado de Participantes: 40 pessoas

Número de Implementador@s Sociais envolvidos: 07 (sete)

Público Alvo: Monitor@s e Administrador@s dos Pontos de Presença Indígenas, Implementador@s Sociais do Programa GESAC da região Centro-Oeste, representantes Regionais do Fórum de Presidentes dos Conselhos Distritais e membros do Grupo de Trabalho.

Apresentação

O I Encontro Nacional de Multiplicador@s em Saúde Indígena do Programa GESAC visa a implementação do Termo de Convênio entre os Ministérios das Comunicações (MC) e da Saúde (MS), a partir da instalação de seis novos Pontos de Presença (PP’s) do GESAC em Distritos Sanitários de Saúde Indígena indicados por membros do Fórum e da Funasa.
Os critérios de atendimento às comunidades indígenas a serem beneficiadas com a iniciativa foram pautados a partir dos seguintes indicadores: maior número de famílias e/ou pessoas atendidas; maior distância entre o Pólo Base e o Pólo Sede; maior grau de dificuldade de comunicação, menor IDH, maior incidência epidemiológica e prioridade para locais situados nas regiões Norte e Nordeste do país.
Dessa forma, será feito um marco de implantação nacional das atividades decorrentes do Termo de Convênio, onde serão apresentadas as estratégias do Programa GESAC em torno das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC’s) e seu aproveitamento junto aos trabalhos desenvolvidos pela Funasa, especialmente nos Distritos Sanitários de Saúde Indígena, onde se espera a apropriação pela comunidade beneficiada.
A seguir, encontram-se dispostas as linhas gerais que norteiam esta primeira versão do Projeto, a ser submetida para a avaliação, aprovação e encaminhamentos institucionais necessários.

Objetivos:

Geral:

Promover o marco de implantação nacional das atividades inerentes ao Termo de Convênio entre os Ministérios das Comunicações (MC) e da Saúde (MS).

Específicos:

 Capacitar as novas turmas de Monitor@s e Administrador@s dos novos Pontos de Presença indígenas do Programa GESAC;
 Integrar as novas turmas de Monitor@s e Administrador@s com as instituições parceiras ao Termo de Convênio;
 Elaborar Planos de Trabalho Locais/Regionais para 2007;
 Construir subsídios para a publicação dos resultados do I Encontro Nacional Multiplicador@s em Saúde Indígena do Programa GESAC nas versões impressa e eletrônica.

Método de Trabalho

Exposições orais com horários pré-determinados, trabalhos em grupo, apresentação de vivências, debates, oficinas livres de capacitação, dinâmica de acolhimento, produção de relatórios, monitoramento e avaliação dos resultados a partir da utilização de modelos desenhados especialmente para o evento e criação de grupos locais/regionais para a evolução dos trabalhos após o Encontro.

Metodologia:

Para os três dias de realização do Encontro prevê-se uma série de atividades coletivas e mobilizadoras sobre as TIC’s aplicadas às temáticas indígenas, sendo priorizado o formato de grupos temáticos para apresentação e discussão de impressões e resultados.
Serão priorizadas as apresentações de vivências por parte dos Grupos Locais durante os processos de trabalho que antecederam ao Encontro.
Também serão contempladas atividades práticas em laboratórios instalados em Pontos de Presença do GESAC na região do Distrito Federal para os monitor@s e administrador@s dos novos PP’s, bem como serão proporcionadas visitas orientadas, com produção de relatos criativos de avaliação do Encontro.
Ao final, prevê-se um momento político-estratégico visando efetivar a implementação nacional do Termo de Convênio, com a presença dos ministros e/ou representantes oficiais dos Ministérios da Saúde e das Comunicações.

Temas propostos:

Inclusão Digital – ID
Tecnologias da Informação e da Comunicação – TIC’s
Comunicação Comunitária – CC

Sistema de Avaliação:

A avaliação será personalizada, contemplando-se aspectos como a participação das atividades e incorporação de conteúdos teóricos. A avaliação do processo será realizada em conjunto com o Grupo de Trabalho com a finalidade de subsidiar as mudanças necessárias para o aprimoramento dos Encontros futuros.

Público a ser capacitado:

Serão capacitados, inicialmente, 40 monitor@s e administrador@s, sendo 12 oriundos dos seis novos PP’s e outros 28 oriundos dos 17 PP’s indígenas do GESAC.

Participação de Implementadores Sociais

Para esta atividade sugere-se a participação d@s seguintes implementador@s sociais do GESAC:

1-Andréia Carmo e Christian Jones (IS da região do DF e GO);
2- Anderson Perna (IS do PA e AP);
3- Ivete Belém (IS do AM e AC);
4- Renata Lourenço e Thais Brito (IS da BA);
5- Sérgio Melo (IS de SE, AL e PE).

Os IS da região sede do evento, são, automaticamente, envolvidos na atividade, haja vista as possibilidades de interação e mobilização para o planejamento e execução do evento, bem como as facilidades para deslocamento e atendimento às demandas emergenciais oriundas do processo de participação do GESAC na I Mostra Nacional de Saúde Indígena.
Os IS da região Norte participariam devido à grande incidência de comunidades indígenas em suas áreas de atuação, bem como pela necessidade de troca de experiências entre os IS já envolvidos em atividades indígenas e os demais.
Finalmente, aos IS da região Nordeste, atribui-se as responsabilidades de multiplicar os conhecimentos adquiridos junto aos indígenas, de março deste ano até o momento. Nos últimos meses os três IS desenvolveram o Projeto Software Livre nas Aldeias, segundo link a ser avaliado em http://oca.idbrasil.org.br/wiki2/index.php/Wiki_Povos_Indigenas.
Foram capacitadas as comunidades das aldeias Tupinambá – Ilhéus/BA, Kiriri – Banzaê/BA, Tumbalala – Abaré/BA, Pataxó hãhãhãe – Pau Brasil/BA, Pankararu/PE, Fulni-ô – Águas Belas/PE, Kariri-Xocó – Porto Real do Colégio/AL, Xucuru Kariri – Palmeira dos Indios/AL, Fulni-ô – Projeto Software Livre nas Aldeias/PE e Oficina Norte – Software Livre nas Aldeias/BA, beneficiando diretamente um total de XXX índios e outros XXX indiretamente.

Plano de Intervenção:

O processo de intervenção do Grupo de Trabalho se expressa em quatro planos distintos:
 No plano pedagógico: contribuir para a formação permanente, promoção de eventos educativos, treinamento de áreas ou profissionais, divulgação de temas de interesse da comunidade beneficiada.
 No plano político: favorecer a democratização das relações de trabalho, propiciando voz aos atores que normalmente não teriam condições de superar as barreiras de hierarquia, competência técnica e inclusão. Para isso, deverá manter um relacionamento estrito com cada PP, ouvindo reclamações, sugestões e buscando soluções para problemas específicos.
 No plano subjetivo: sustentar um processo de reflexão contínua sobre as vivências no mundo do trabalho, o como e para quê se trabalha num PP com foco na realidade indígena.
 No plano comunicativo: criando fluxos de informações relevantes para profissionais de saúde e para a comunidade indígena, dando a conhecer as ações da Funasa e do Programa GESAC.

Estratégia de Comunicação

 Informar sobre o evento aos PP’s, aos ADM’s e inserir banner eletrônico no portal do IDBRASIL;
 Comunicar, oficialmente, às ASSCOM’s do MC e do MS e VICOM/COMSAT para produção de releases antes, durante e após o Encontro, incluindo cobertura geral do evento (repórter e foto);
 Publicar nos quadros de avisos do MC e do MS um comunicado sobre o Encontro;
 Divulgar as imagens/marcas do GESAC e da Funasa mediante a inserção das logomarcas em banners, kits didáticos e outros materiais promocionais ao Encontro;
 Criar uma identidade visual para o Encontro a título de registros atuais e futuros;
 Criar um banco de imagens em foto, vídeo e áudio e material impresso para construção de memória do evento e facilidade na recuperação da informação a partir do armazenamento em banco de dados específico.

Resultados Esperados

 Marco de implementação do Termo de Convênio lançado;
 Turma de Monitor@s e Administrador@s Indígenas do Programa GESAC capacitada;
 Equipes das Instituições Parceiras e de Multiplicador@s em Saúde Indígena integradas;
 Planos de Trabalho Locais/Regionais elaborados;
 Grupos Temáticos de discussão instituídos;
 Relatório final, elaborado e publicado.

Infra-Estrutura/Responsabilidade

Deslocamento d@s Monitor@s e Administrador@s Indígenas – Origem/Brasília/Destino (Funasa)
Deslocamento d@s Implementador@s Sociais envolvid@s na atividade – Origem/Brasília/Origem (Funasa)
Hotel para hospedagem de 40 pessoas a serem capacitadas (Funasa)
Translado aeroporto/local do evento/aeroporto (Funasa)
Local de realização do Encontro (Funasa)
03 Salas de apoio para as discussões em grupo no local do evento (Funasa)
Almoço para 50 pessoas (Funasa)
Jantar para 50 pessoas (Funasa)
Disponibilização de laboratório(s) ou PP’s para capacitação do Encontro contendo um total de 20 computadores em rede com acesso à Internet: (MC)
Hotel para hospedagem de 05 Implementador@s Sociais (MC)
01 Antena móvel instalada local do evento (MC).

Recursos Materiais/Didáticos/Divulgação
50 – Camisas
50 – Crachás
50 – Pastas
50 – Certificados (MC)
50 – Blocos de Rascunho
50 – Caneta
03 – Data show (MC)
03 – Flip Chart
03 – Conjuntos de pincel atômico de cores diversas (azul, vermelho, preto e verde)
04 – Blocos para Flip Chart
40 – CD-Rom (MC)
01 – Banner
10 Caixas Lápis de cor ou giz de cera
Material de expediente e apoio: cola, clips, grampeador, grampo, perfurador, tesoura, papel A-4, fita crepe, folhas de papel craft. (MC)

Recursos Humanos

 Planejamento, organização, coordenação, avaliação, monitoramento, relatoria e publicação dos resultados – Grupo de Trabalho;
 Comunicação – Carla Gouvêa, Asscom’s do MC e do MS e VICOM/COMSAT;
 Secretaria Executiva – Funasa;
 Oficinas Livres – Equipes de Implementador@s e Relacionamento com as Comunidades /GESAC;
 Apoio Tecnológico – André Caldas (GESAC) e Mariosan Maciel (Funasa);
 Apoio MC – Engenheiro Areno Filho.

Ações a serem implementadas Pós-Encontro nos locais/regiões:

Instalação dos Grupos de Trabalho Locais (GTL’s)

Definição:

Definem-se como Grupos de Trabalho Locais a reunião de três a cinco pessoas com o objetivo de discutir experiências, compartilhar leituras e outros tipos de conhecimentos, formal e informal, com o objetivo de produzir e difundir textos e outras contextualizações nos formatos impresso e/ou eletrônico junto à comunidade indígena.

Objetivo:

Estimular a produção do conhecimento e a troca de experiências entre @s Multiplicador@s em Saúde Indígena do Programa GESAC a fim de massificar os conteúdos inerentes às áreas temáticas potencializadas pela equipe junto às comunidades indígenas beneficiadas.

Operacionalização:

 Cada Monit@r e ou Adminstrad@r Indígena deve participar de um grupo;
 Cada GTL se constituirá pela participação mínima de três pessoas, e máxima de cinco membros.
 Cada GTL deverá encaminhar relatórios trimestrais apresentando casos de sucesso e/ou problema para contextualização exemplificada, relatórios/diagnósticos de reuniões e outras produções.
 Os relatórios serão submetidos ao Grupo de Trabalho Nacional.

Metodologia:

Cada GTL deve promover reuniões, inicialmente, a cada 15 dias, com a finalidade de avaliar o funcionamento do PP em sua localidade/região, produzindo um relatório e encaminhando ao GT nacional. Os encontros poderão contar com a presença d@ Implementad@r Social da região, que será o responsável pela supervisão de funcionamento do PP.

Proposta de Programação

Quarta-feira
15/11 Quinta-feira
16/11 Sexta-Feira
17/11

8 às 9h
Credenciamento e
Entrega de Material
(Secretaria Executiva)

9 às 10h30
Abertura
Dinâmica de Acolhimento
Apresentação da Metodologia do Encontro
Pacto de Convivência

10h30 às 10h45
Intervalo

10h45 às 13h
Apresentação do GESAC
Debate 8h30 às 13h
Oficinas de Capacitação nos Serviços GESAC

10h30 às 10h45
Intervalo

10h45 às 13h
Oficinas de Capacitação nos Serviços GESAC 8h30 às 10h30
Marco de Implantação Nacional do Termo de Convênio

10h30 às 10h45
Intervalo

10h45 às 13h
Plano de Trabalho Local/Regional
Debate
13 às 14h30
Almoço 13 às 14h30
Almoço 13 às 14h30
Almoço
14h30 às 16h30
Apresentação e Debate sobre o Termo de Convênio (30’)

Apresentação das Vivências (1h)

16h30 às 17h45
Intervalo

17h45 às 19h
Oficinas de Capacitação nos Serviços GESAC 14h30 às 17h
Oficinas de Capacitação nos Serviços GESAC

17 às 17h30
Intervalo

17h30 às 19h
Oficinas de Capacitação nos Serviços GESAC 14h30 às 17h
Apresentação dos Planos
Avaliação do Encontro e Encerramento

17 às 17h30
Confraternização

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Sebas e turma do indiosonline,
    Vai ser um prazer encontrar com vcs e conhecer cada um pessoalmente. Sejam bem vindos e Brasília tá chovendo,por isso é bom trazer blusa de frio,jaqueta ou casaco.
    Sejam bem vindos!

  2. Gostataria de saber mais detalhes à respeito da viagem para Brasília, com quem falar sobre passagem??
    Vou participar dessa vigem e preciso saber mais detalhes.
    Obrigada.

    Luana Pankararu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here