No dia 18 de janeiro de 2007 nós comunidade Pataxó Hãhãhãe visitamos a aldeia Bahetá que fica no município de Itaju do Colônia.

Neste dia iria acontecer uma reunião com a Funasa,e a comunidade da Baheta, caciques, liderança, porém a reunião não foi prevista porque o secretário da Funasa tinha feito uma viajem.

Os índios que moram nesta areá estão passando muita dificuldade principalmente na questão da saúde.A Funasa esta dando pouca assistência aos índios a falta de atendimento medico não é constante vai só uma vez por semana e não aparece mais, os exames estão atrasados e os parente indígena estão passando risco de vida.

Sabemos que esta aldeia tem acesso de escorpião e muitos Índios são picados por este insetos, então a Funasa prometeu de construir uma farmácia para dá remédios índios que fosse picado pelos inseto, mas não cumpriu com projeto que ia fazer para os índios.

Para aumentar a situação nesta semana uma criança de 3 anos foi picada por escorpião, a mãe da criança Dona Telma ficou desesperada levou o seu filho até a cidade de Itaju do Colônia pedindo socorro a um farmacêutico que não conhecia, pois o mesmo vendo aquela mãe desesperada sentiu compaixão e vendeu-lê o remédio fiado, pois não tinha dinheiro para comprar o remédio, e com muita luta batalhando para pagar a divida.

A mesma se sente muito triste com que a Funasa esta fazendo com nós porque no meu ponto de vista estão nos maltratando aos poucos. Mas também estou me sentindo muito feliz porque o meu filho saiu com vida, graça a Tupã que este farmacêutico fez esta gratidão, porque eu não sabia o que fazer: não tinha dinheiro para comprá o remédio para salvar a vida do meu filho.

Esta entrevista partiu de Yonana Pataxó Hãhãhãe com a Índia Telma Pataxó Hãhãhãe

.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O descaso da FUNASA com o seu povo é de se envergonhar, mesmo sabendo do surto de escorpiões da aldeia bahetá, não tomaram providência nenhuma apenas apromessa de que fariam algo,vcs devem denunciar sempre a Funasa ela tem como obrigação garantir a saúde do índio, se não tem a competencia de eliminar simples “escorpiões” não teram competencia de enfrentar situações realmente gravéis.Sejam ótimistas um dia nós mesmo cuidaremos de nossas saúdes não precisaremos de Funasa,muito menos de Funai,e se tupâ permitir o posto que eles ocupam não oculparam mas, pois não tem caratér, responsabilidade,muito menos amor ao proximo.

    Estou idguinada com essa tal Funasa,só de pensar que não só essa criança correu risco, mas de outras crianças estarem correndo o mesmo risco me deixa mas decepcionada com esse órgão que me dar nojo até de falar o nome.
    é isso ai yonana denuncia sempre ,e que eles tomei conciência das coisas que estam fazendo e façam a detetização o mas rápido possível pra que essa mãe e todos possa dormi em paz.

    UM ABRAÇO A TODOS VCS!!!
    LIAN!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here