Em 14 a 28 de setembro deste ano, logo após ter saído de recesso da Universidade de Brasília-UnB, fui para a aldeia Massacará do povo Kaimbé no município de Euclides da cunha Bahia, no qual pertenço à essa comunidade.
Foi uma férias onde junto com o estudante de medicina da UnB Josinaldo da Silva indígena da etnia Atikum-PE, e mais trés estudantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ. Participamos do projeto A saúde que se faz na aldeia de Autoria de Josinaldo, sendo realizado palestras como hipertensão, gravidez na adolescência gestão do lixo e da água e entrevistas com lideranças e indígenas mais velhos Como o cacique Flávio a parteira Maria de Maroto, o Seu Heraclito, seu Florentino e entre outros e finalizando com o toré. O trabalho vai ser produzido um documentário com as entrevistas, onde foram contadas as histórias da missão de Massacará, do bicho da Lagoa Seca, e o costumes tradicionais como os remédios produzidos com ervas medicinais, como era feito os partos com as parteiras e comparado com hoje e entre outras.
Foi uma férias que realizamos um trabalho onde a comunidade participou e ficaram bastante satisfeitos, com a troca de conhecimento e experiencia que foi realizado na aldeia onde passamos informações e aprendermos ao mesmo tempo com a colaboração das famílias e principalmente dos professores e estudantes.


Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns a Josinaldo e Antonio pela autoria e realização do projeto, especialmente porque ele é fruto das parcerias(pessoal da UERJ) e principalemnte da iniciativa dos indígenas estudantes que assim demonstram o compromisso com as suas comunidades. Fico feliz por Antonio ser um dos integrantes do projeto celulares indígenas e mais um guerreiro on line.

  2. Uma ótima iniciativa de todos vocês!
    As férias dos índios é o movimento…
    Atuar na comunidade e dar a contribuição no que for possível é o que interessa realmente!
    Abraço a todos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here