Caros ARQUEIROS:

Uma das propostas do ARCO DIGITAL é fazermos juntos um livro.

NOVO veja a OPINIÃO DE ATIÃ PANKARARU

Um livro que terá quatro objetivos:

1) Refletirmos juntos sobre a relação que nos queremos ter com a TECNOLOGIA.

2) Utilizar o livro para que muitos índios possam refletir junto conosco e também para que muitos não índios possam compreender quem são os índios hoje e qual é a relação que os índios querem ter com a tecnologia, lutando assim contra os preconceitos.

3) Que o livro possa ser apresentado junto aos projetos que vocês irão encaminhar para os financiadores e ou parceiros, dando assim respaldo e credibilidade a vocês.

4) Que possamos vender alguns livros para termos recursos para dar continuidade ao ARCO DIGITAL.

Neste pagina iremos começar a intercambiar nossas idéias sobre o USO da Tecnologia. Iremos juntos escrever nossas idéias e partilhar nossos comentários, nos enriquecer com a visão do outro.

1) Sobre os DIREITOS AUTORAIS.

Existem alguns artículos interessantes para ler (Que é copyleft…) e principalmente a pagina http://creativecommons.org.br/ que nos orienta sobre os direitos que a THYDEWAS propõe para este trabalho.

Temos escolhido http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/br/deed.pt para este portal. Isso pode ser debatido por todos os participantes, ate chegarmos a um contrato para o portal e um outro para o livro.

2) Sobre a DISTRIBUÇÃO:

Faremos 3000 livros, tendo desde já nossa obrigação de repassar 20% para o Instituto Oi Futuro, nosso financiador. 3000 – 600 = 2400
Dos 2400 dividiremos a) 50% para os arqueiros, os escritores e suas nações e b) 50% para THYDEWAS.

a) 400 para dividir em partes iguais entre todas as nações participantes.
400 para dividir proporcionalmente para todos aqueles que colaborarem com
conteúdo no livro.
400 para dividir entre todos os arqueiros que completar sua diplomação.

b) Para THYDEWAS buscar dar continuidade para o projeto, 200 exemplares para distribuir entre os outros parceiros do projeto e oficineros e 1000 para vender e gerar recursos para continuidade e aperfeiçoamento do Arco.

3) Sobre o TITULO:

Após debates já temos duas opções:

a) Índios na visão dos índios: Na era digital

b) Cyberculturas indígenas

4) Sobre o CONTEÚDO:

• Quais são as visões dos indígenas sobre o mundo moderno, sobre as tecnologias, sobre o chamado “progresso”.

• Os índios podem usar celular?

• Para que os índios querem internet?

• A Tecnologia mata as culturas indígenas?

• De que serve a tecnologia para as comunidades indígenas de Hoje?

Na sociedade atual existem muitos preconceitos e mudar essas idéias também é nosso objetivo.
Contar casos, dar exemplos…
• Como foi o primeiro encontro com um computador,
• Como foi saber que as maquinas pegam vírus,
• Como é viajar no espaço e tempo a velocidade das ondas?

E para aqueles índios que ainda não usam a tecnologia/informática, que conselhos podemos dar?
• E para o mundo se relacionar com a tecnologia, que advertência temos a partilhar?

Poderemos colocar matérias publicadas no nosso site, poderemos colocar fotos, desenhos, composições, cantos, poesia, crônicas, contos, historia, estórias…

Temos tanto que provocar a reflexão, conscientizar, amolecer corações e educar.

Proponho que cada um for escrevendo no seu caderno… Um lugar onde é possível escrever e re-escrever, mudar infinitas vezes e também compartilhando aqui na tela da frente para ouvir as opiniões dos outros.

UMA RESENHA HISTORICA:

THYDEWAS foi nascendo da experiência de fazer colaborativamente livros com as comunidades indígenas.
A coleção INDIOS NA VISÃO DOS INDIOS, livros com textos, fotografias e desenhos feitos por índios… Já conta com oito exemplares…

E com o reconhecimento do IPHAN (MinC) através do PRÊMIO RODRIGO MELO FRANCO DE ANDRADE – EDIÇÃO 2004 pelos livros e as ações feitas com eles.

Alem desse livro, fizemos: CANTANDO AS CULTURAS INDÍGENAS, em forma colaborativa entre sete nações, através de seus professores.
O povo Xucuru-Kariri e o povo Pataxó-Hahahae estão com um projeto aprovado pelo Ministério da Educação para também publicarem seus livros: INDIOS NA VISÃO DOS INDIOS.

Com esta proposta, THYDEWAS quer começar a abrir uma outra dimensão da coleção INDIOS NA VISAO DOS INDIOS, a dimensão temática. Fazermos juntos agora: “NA ERA DIGITAL”… E depois fazer um sobre ECOLOGIA, outro sobre EDUCAÇÃO… e lá vai…

Estamos à disposição para dialogar e construir juntos.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. É este projeto é importante para todos nós, com esta publicação deste livro será muito maravilhoso quanto para nós o por projeto, assim podemos fortalecer este projeto com uma arvore forte e resistente que dá bons frutos, que no futuro podemos colher o fruto que vem do Arco digital, e podemos observar que aos pouco já estamos colhendo o fruto que o projeto já esta nos dando com os curso que esta nos oferecendo através do Arco Digital, Basta cada um de nós colaborar com suas idéias, e compartilhar a experiência vivida na sua historia da sua nação..

    Sempre enriquecer o Arco de informação e aprendizagem par no futuro ser muito aproveitado na nossa comunidade.

    Yonana Pataxó Hãhãhãe

  2. muito bom isso SRBAS, este projeto de publicação deste livro é muito importante para nós indios, vamos poder mostrar para o mundo quem somos, o que pessamos, o que esperamos dele, vamos estar tambem concientizando a todos sobre o quer queremos para o futuro dos povos indigenas.
    estaremos tambem concientizando o proprio indio de seus direitos e deveres como indio como cidadão nbrasileiro.UM TITULO QUE GOSTARIA DE SUGERIR É “CONCIENTIZANDO O BRASIL INDIGENA” JÁ QUE DE CADA DEZ BRASILEIROS, TRÊS TEM DESCENDENCI COM INDIGENA.

    NOBERTO ( CÕANPANK)

  3. Me chamo Joabson, tenho 18 anos, sou PANKARARU.
    Mantenho uso constante da tecnologia, pois estudo “SISTEMAS PARA INTERNET” na faculdade ENIAC [www.eniac.com.br] na cidade de Guarulhos – SP. Acho muito interessante e importante o trabalho proposto pelo ARCO DIGITAL, essa é uma boa oportunidade para trocarmos informações exaltando os temas indígenas baseados na influencia tecnológica no nosso dia-dia. Essa é a hora de abrirmos nossas bocas e falar bem alto para que todos possam ouvir o quanto é importante o uso da Internet para os povos indígenas, pois a inclusão digital não pode ser vista como mudança de conceitos e morte cultural, Temos possibilidades de aprender e crescer na área sem que isso nos afete culturalmente. Eu, Exemplo vivo, venho através da tecnologia mostrar-lhes que somos superiores a qualquer forma de preconceito e discriminação por parte de mentes ignorantes que tentam nos oprimir diante dos nossos direitos e oportunidades. “O preconceito esta nos olhos de quem vê” não vamos perder tempo com as criticas de opressores hipocritas, nós estamos muito acima disso. Proponho que todos os interessados se manifestem e apoiem o ARCO DIGITAL na criação desse livro. E aqueles que ainda tem sua mente fechada sobre a importância da tecnologia para nós.
    – Sinto muito, mas você tem que rever os seus conceitos!

    Ass: Joabson G. Estudante Pankararu!

  4. Sebas,
    Essa idéia de construir o livro coletivamente é muito especial, por que está de acordo com o pensamento ancestral de fazer as coisas juntos,pelo bem de uma comunidade inteira.Vai também ao encontro do “estado da Arte da Educação á Distância , que são as comunidades colaborativas de aprendizagem, onde a construção coletiva em rede possibilita o pensar reflexivo e o fazer comprometido com a informação e com a comunicação. Eu vi os índios descobrindo o computador pelo avesso,é o mesmo encantamento e curisidade que nos motiva a todos os seres humanos diante do novo. Estamos juntos nisso.Parabéns pela ideia bonita!

  5. Muy interesante,siempre que los hermanos brasileros no se opongan. Recuerda no me entienden demasiado Sebastiàn. Un abrazo. Huebilù.

  6. Estaremos sim, juntos! Podem contar comigo, sei da importância em divulgar nossa verdadeira história, através dos meios de comunicações existentes.
    COMPROMISSO E UNIÃO!!!

  7. Esse projeto é muito importante para nós. E a idéia de criar o livro é extremamente maravilhosa, creio eu, que poderemos demostra mas do que demostramos: pricipalmente a nossa criatividade e força de vontade de enovação, e que juntos vamos mais longe.Podem contrar comigo, quero muito participar e fazer a diferença para algo bom que ajudará nossos povos e o mundo por inteiro.

  8. Considerando o conhecimento indígena com alto valores humanos que poderá contribuir na preservação do planeta terra, vamos publicar nossos princípios de paz, harmonia, do amor fraterno, temos uma cultura do coletivismo, todos os sistemas só poderam sobreviver se estiverem interligados como uma teia, de energia construtiva, uma relação entre os seres que compõe o mundo. Nhenety Kariri-Xocó.

  9. mjuito interessante e importante esse projeto,é um dos meios que precisamos para mostrar quem somos.
    Vamos a frente!!!!!!!!!!!!

  10. Esse projeto é de suma importancia p/ nós indios, pois através dele nossa cultura é divulgada e reconhecida,parabens a todos q se enpenharam e em especial q sempre haja pessoas assim no mundo q valorize nosso jeito de ser e passar adiante o q nunca deveria ser massacrado. nossa vida limpa e pura. Que Deus abençõe a toda essa manifestação de consideração e amor. um beijo no coração de todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here