Mais de vinte estudantes de diversos cursos da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) participaram, no período de 8 a 14 de março de 2010, do 1º Estágio de Vivência Indígena. O projeto foi elaborado pelo “DCE – (Diretório Central dos Estudantes) da UEFS, sendo que três membros são Tuxá, Jandair Ribeiro (secretário geral), Aléssia Bêrtuleza ( assessoria jurídica) e Fabinho Tuxá (assistente estudantil).

Estudantes da UEFS na comunidade Tuxá de Rodelas.
Estudantes da UEFS na comunidade Tuxá de Rodelas.

Durante os sete dias de atividades na comunidade Tuxá foram realizadas palestras e oficinas sobre temas ligados aos cursos dos alunos, cultura local, educação indígena, o fazer universidade, a questão da permanência e das cotas para indígenas nas universidades, artesanato Tuxá, culinária Tuxá, medicina Tuxá, religião Tuxá dentre outros.

O estágio também proporcionou conhecimentos múltiplos para os acadêmicos, sem contar que a riqueza do ecoturismo, e a troca de conhecimentos e experiências entre diferentes culturas ficaram registradas na fala de todos os estagiários.

A visita ao território sagrado dos Tuxá a praia do Sorobabel hoje em processo de retomada, a ida ao Serrote, a Caixa d’agua e a Croa ambos localizados no Rio São Francisco, foi considerado o momento mais rico do estágio por revelar toda a beleza, história e potencial turístico das terras dos Tuxá e da cidade de Rodelas.

Um dos coordenadores do estágio Jandair Tuxá diz “foi um sonho realizado já que agora na universidade que estudo, irei encontra vinte não indígenas, apaixonados pela cultura, educação e beleza de uma das terras dos Tuxá, sem contar que agora temos aliados, amigos e companheiros de luta em prol da cultura e da defesa dos direitos dos indígenas do Brasil e do mundo”.

Estudante Renijane de Odontologia disse: " é um paraíso esse povo me encantou estou muito realizada um dia quero morar aqui".
Estudante Renijane de Odontologia disse: " é um paraíso esse povo me encantou estou muito realizada um dia quero morar aqui"..

A comunidade Tuxá também foi beneficiada com a visita dos acadêmicos da UEFS, pois os alunos também participaram de ações políticas como uma manifestação de protesto que envolve a Chesf e a desapropriação e a posse de terras pelos indígenas. Além disso, estudantes da área de saúde proferiram palestras sobre higiene pessoal e bucal na escola.

Para a realização desse evento os coordenadores responsáveis pelo estágio, contaram com o apoio da UEFS, da UNDEC, FUNAI, FUNASA, do cacique Anselmo Tuxá, das lideranças, do pajé Armando, do cacique Raimundo Tuxá, do cacique Bidú, do cacique João Batista,da associação AITTPA,do artesão Roberto Vieira,do vereador Romildo, vice Generino,  dos comerciantes e produtores da cidade de Rodelas, dos vereadores, prefeitura, da comunidade, da direção, professores e funcionários  da Escola Indígena Capitão Francisco Rodelas e em especial dos alunos da escola e das crianças da comunidade que deram um show de acolhimento aos visitantes e mostraram que a raiz dos Tuxá está se renovando através da educação e do Toré que contagiou e emocionou a todos os visitantes.

Crianças Tuxá sangue novo, raíz nova, cultura e tradição eterna.
Crianças Tuxá sangue novo, raíz nova, cultura e tradição eterna.
Visita e banho no Velho Chico.
Visita e banho no Velho Chico.
Praia do Sorobabel território sagrado dos Tuxá.
Praia do Sorobabel território sagrado dos Tuxá.

Mais fotos acesse: http://vivenciaemrodelas.blogspot.com

Jandair Tuxá.

jandairribeiro@hotmail.com

(75)88076332.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Matéria muito legal, parabéns Jandair, uma Vivência é nossa visão de mundo passando para as outras pessoas como nós vive. Abraços Nhenety Kariri-Xocó.

  2. Parabéns Jandair,muito bom saber que dentro da Instituição dos Alunos da Universidade, estão vocês.
    E parabéns pela matéria também e por tá passando o conhecimento de seu povos aos karaiwa, como diz “branco” na minha lingua.

  3. Parabéns Janda!!!!
    Você como sempre lutando em prol do bem estar de todos q ama.
    Muito legal essa matéria. Esse estágio foi mais uma das inúmeras conquistas que estão por vir.
    Parabéns também a toda comunidade Tuxá por proporcionar essa vivência aos estudantes da UEFS e por ser dona dessa enorme riqueza cultural.
    PARABÉNS!!!!!!!

  4. Essa sua bela matéria, meu parente Jandair!
    Me faz lembrar das palavras do nosso parente Marcos Terena, palavras essas, que é todos os dias,refletidas por mim:
    ” Eu posso ser o que você é sem deixar de ser quem eu sou”.

    Esse estagio interdisciplinar, essa vivência em nosso território, experiênciada por esse grupo de universitários não-indígenas, serve bem para dizer-los que nós temos uma identidade, uma história, algo proprio e intriseco do nosso ser: as nossas origens! E que o nosso desejo por uma formação universitária é apenas mais uma soma daquilo que somos e buscamos, e que nessa formação podemos ser sim, pedagogos, psicológos, enfermeiros, etc… sem deixarmos de lado o que nos compõem: A nossa identidade étnica.

    A iniciativa é digna de reconhecimento e gratidão, afinal é uma forma de mudar o olhar remoto e questionador de alguns não indígenas!

  5. Estamos aqui firmes, como diz Radical por que temos Raizes firmes e fortes, com uma Cultura que atravessa 510 anos de lutas e ressistencia de todas as formas, aprendendo sempre com nossos erros e acertos Parabens Povo Tuxá, dipeta51@hotmail.com Rodelas – BA.

  6. Boa tare povo Tuxá, Meu nome é Ivan tenho 22 anos, me formei agora em 2010 em gestao ambiental no institudo federal campus inconfidentes. Adorei a materia e ainda mais o projeto, como estudante sei a real importancia desse intercambio de conhecimentos, ainda mais quando se trata de cultura, da nossa cultura, felizmente o povo brasileiro esta mudando ao poucos o modo de pensar, respeitando principalmente a natureza, e como gestor ambiental apaixonado pela fauna e pela lora, e que paisagens sao essas, coisa linda. Adoraria saber mais sobre o projeto, e da disponibilidade de novas vagas para estagio, e tambem para treinnee, caso de alunos recentemente formado, meu caso, sempre tive vontade de conhecer a cultura, culinaria, principalmente o artezanato, pois tenho projetos na area, gostaria tambem de manter contato com voçês, grato desde já.

    um otemo 2011 pra todos voçês, que esse ano seje cheio de paz amore e saude.
    Abracos

    matosao.ambiental@gmail.com

  7. Quero Informar que já estamos abrindo Estagios Interdisciplinar de Convivência com o Povo Tuxá de Rodelas:para Universidades, Instituto de Pesquisa, e demais interessados maiores informações contactar por esse emeil dipeta51@hotmail.com ou fone 75 88150715… consultar regulamento, Trocas de Experiência, Rio Sao Francisco, Serrote, Croinha, Surubabel Deserto e estudo sobre Dessertificação e Mitigação aos efeitos da Seca, Espelho Dagua… Projetos de Coco Verde Produção e Economia,Cultura Indigena, Dança, Culinaria, Bebidas Indigenas. Francisco Carlos Santos de Assis.. Em Respeito a Natureza…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here