Imagem de Amostra do You Tube

Desde de 2004 a Universidade de Brasilia-UnB tem um covênio com a FUNAI-Fundação Nacional do Índio, que oferece vagas em seus cursos para indígenas de todo o país. Os estudantes deixam para trás suas casas, familias, vidas e etc. Tudo em busca de um sonho que todo jovem tem: que é ser universitário. Além do mais, se é notado o compromisso que cada um tem com o seu povo, pois no covênio os estudantes se comprometem em voltar para suas aldeias quando estiverem formados. Todos ficam ansiosos, esperando as férias para poderem visitarem suas familias. Pois não é facil viver longe dela e principalmente em um ambiente totalmente diferente de aldeia. Arriscam tudo, vem se conhecer ninguém,mas vem!! vem porque a vontade de ter um curso superior o consome. Mas quem acredita sempre alcança…nada se conquista sem suor e se o futuro pertence a nós, vamos trabalhar.

Poran Potiguara
tanipotiguara@gmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Muito BEM PORAN!!! VAI enfrente!!!!!
    E conte mais de como é sua vida ai…quem são so indigenas..que estuda cada um…..Qual é o sonho de cada um….

  2. Mto to bem Poran,
    Isso acontece qm vários estados, mtos indigenas se deslocam da sua aldeia para poder buscar
    um futuro melhor para seu povo!
    É um esfroço que vale a pena!!!!!

  3. fico muito feliz por ter pessoas do meu povo querendo ser alguém na vida isso é muito gratificante pra dodos os Pais
    que tem seus filhos que querem estudar

  4. É muito interessante os indios estudarem nas universidades,tenho vontade de aprender a língua tupi que foi muito tempo a lingua do Brasil colonia, acredito que temos que estudar a cultura indigena afinal, no começo o Brasil era habitado por indios, tudo de bom para nossos irmãos indigenas,

  5. Quero parabenizar todos nossos jovens guerreiros. Indíginas por suas determinaçãoes e conviquições nos seus objetivos a serem alcançados e dizer força voltem vitoriosos com o prêmio de serem formados para o mundo da concorrência do futuro. (Em especial aos Potiguara que que aí estão na UNB ).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here