DSCN1902

Hoje a Escola Estadual Indígena Tupinambá, passa por varias insatisfação segundo seus alunos, professores e funcionários, que passam por diversas dificuldades como a falta de água potável, transporte, salários baixos e segurança. E ao receberem a visita de membros do conselho de anciões da aldeia Itapuã Tupinambá, os professores, alunos e funcionários da escola Tupinambá, desabafaram contando suas dificuldades e limitações para exercerem uma metodologia de ensino e aprendizagem de qualidade.

DSCN1905

A auxiliar de serviços gerais indígena Joselma Maria do Nascimento, que alem de auxiliar também é aluna, ou seja auxiliar de manhã e aluna a noite, diz: “ A escola Tupinambá de Olivença é boa, mas precisa de varias coisas e uma delas é que os salários estão atrasados,tenho 03 filhos pago aluguel e não estão passando necessidades porque minha mãe me ajuda, e toda vez que nós auxiliares e professores vamos a DIREC 6, eles dizem que o pagamento vai sair mas até agora nada”. Isso é um descaso para com a classe de profissionais da educação, pois não bastasse o salario de R$ 390,00 (Trezentos e noventa reais), que esses professores e auxiliares recebem por mês, desde o inicio do ano letivo eles não vê a cor desse pagamento.

DSCN1881

O aluno Antônio Curimã da Aldeia Olho D’água Tupinambá, diz: “Estou adorando o colégio, mas o problema que esta faltando água pra gente beber, hoje muitos alunos estão aqui com sede, e está falhando um puco das aulas, porque os alunos estão com sede e sem merenda, então sem água e sem comida não tem como”. Brincadeira! porque a água é uma necessidade humana, e realmente sem água não dá, e o pior foi quando levaram essa problemática aos técnicos de educação do governo do estado da Bahia, eles deram uma solução absurda, onde pediram para que cada aluno trazer de casa sua própria água, e com isso esses técnicos tirariam de suas costas a obrigação de resolverem a questão da água potável.

DSCN1908

Segundo Maria das Graças o Estado deveria estar dando um apoio maior escola. “ Aqui na escola precisamos que o estado nos de um apoio maior quanto ao transporte e a estrutura física da própria escola, precisamos de uma segurança maior, precisamos de um apoio maior na questão da água, as vezes os funcionários da portaria sai da escola para pegar aguá, não tem condições, o governo municipal nem estadual não faz nada em relação nas nossas estradas que estão péssimas, e quem alguém tome alguma providência para aumentar a frota de ônibus da escola.”

DSCN1916

E por incrível que pareça ao sair da escola Estadual Tupinambá, o ônibus que estava transportando os alunos, os membros do conselho de anciões da aldeia Itapuã e os membros da gestão indios on-line, acabou atolado, devido as péssimas condições em que se encontra as estradas próximas a escola, e se não foce pelo esforço do motorista e dos passageiros, esse ônibus estaria atolado até hoje.

DSCN1935

Ressaltamos mais uma vez, que não foce os esforços dos alunos e funcionários da escola Tupinambá, seria impossível desenvolver uma educação escolar no povo Tupinambá, segue assim um agradecimento mutuo a esses guerreiros da educações escolar indígena, que dedicam sua vida, a melhoria na qualidade de vida de seus povos.

Equipe de Reportagem Indios on-line

Fotografia: Graciela Guarani e Curupaty Tupinambá

Entrevistas: Alex Pankararu.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
A Gestão da Rede Indios On-Line, é composta por indigenas de diversos povos do país, e tem o compromisso de articulação, promover encontros e debates on-line e fortalecer a rede como um todo... gestao-indiosonline@googlegroups.com

1 COMENTÁRIO

  1. Identidade significa marco, aspectos, conceitos culturais, principios vitais tc etc Assim a Identidade Cultural significa o fundamento da existência humana, seja in dio ou não, de qualquer etnia, todos temos nossa identidade cultural, de alta relevancia é o respeito às nossas origens porque na observância deste critério, o que é antigo significa marco e base de nossas origens absolutas.
    A SITUAÇÃO EDUCACIONAL DOS JOVENS TUPINAMBÁS, NÃO DIFERE DE OUTRAS ETNIAS E ~POVOS NÃO INDIGENAS. É lAMENTAVEL que a Constituição Federal que diz ser ilegal um trabalhador brasileiro, principalmente um professor, ganhar menos do valor instituido do SALARIO MINIMO . A Lei não está sendo cumprida, alguém
    faz vista grossa, ou está na hora do municipio e o estado colocar funcionários que atendam aos estudantes com merenda escolar, água potavel e instalações sanitarias assepticas. A saude é base do corpo.
    O Governo Federal, acredito não destina verbas para que os municipios, alugem
    onibus caindo em estado inadequado, sem conforto, o que constitui, um descalabro e desrespeito ao mau uso do dinheiro público (kaiambá) Temos que reagir buscando a divulgação externa e mostrando como a educação é fundamental. A EDUCAÇÃO INDIGENA É UM DIREITO SAGRADO E DEVE SER COMUM A TODOS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here