Hoje dia 19 de abril, Dia do Índio. Parabéns a todos indígenas do Brasil e do mundo, pelo nosso dia.

Nesse ano de 2013, eu quero que seja um ano diferente, quero que as pessoas tenham uma nova visão sobre nós indígenas. Eu quero que as pessoas  enxerguem a nossa verdadeira realidade, não o que muitas vezes a mídia mostra.

Quero que vejam que hoje em dia, índio também usa um celular, um computador, usa uma câmera , assiste uma televisão. Que as pessoas vejam que índio não é só aquele que vive na mata caçando e pescando, que é só aquele que anda nú. O mundo hoje em dia está evoluindo rapidamente e não é porque somos índios que temos  que viver “Na idade da pedra”. O simples  fato de hoje em dia estarmos usando tecnologia, não significa que deixamos de ser índio, que esquecermos nossa cultura.

Quando falam que nós indígenas moramos no “paraíso”, para mim depende de qual sentido querem utilizar essa frase. Por um lado moramos sim no “paraíso”, pois temos a oportunidade de respirarmos um ar mais limpo, temos muito contato com a natureza e apesar de muitos animais estarem em extinção, temos a oportunidade que muitos não têm de ver algumas espécies ainda. Mais por outro lado as vezes moramos  em local de difícil acesso, por conta de péssimas estradas, moramos muitas vezes em casas precárias, pelo fato da natureza não estar tendo madeiras boas e não queremos desmatar nossa Mãe Natureza , queremos proteger e cuidar da nossa natureza, pois ela está precisando!

Muitos falam que nós indígenas recebemos um salário do governo, mais quem fala isso com certeza não sabe o que passamos em baixo de sol ou chuva, para cuidarmos da nossa terra e plantarmos nossa mandioca, nosso feijãozinho, nossas ervas, legumes e hortifrútis, para o nosso sustento. Hoje em dia tá muito comum índios trabalhando fora da aldeia, muitas vezes por precisão mesmo, pois a terra não está mais tão boa para só usarmos ela como meio de sustento.

Peço que demarquem logo nossa terra, peço quem olhem mais para esse nosso povo tão necessitado  e sofrido. Eu não quero que no futuro os meus filhos e netos passem pelo que estou passando. Não quero morrer sem ver essa luta ter acabado, morrer sem a nossa terra demarcada.

Então deixo o meu apelo para que a senhora presidente Dilma, assine logo esse documento , pois precisamos muito da nossa Mãe Terra, para vivermos e zelarmos dela em paz. Awêre (Amem) .

Autora: Laís Eduarda.

Nome Indígena: Ninhã Gwarini ( Coração Guerreiro).

Índia Tupinambá de Olivença.

lais eduarda pintada

 

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Isso mesmo! Não devemos ser lembrados apenas no mês de abril e sim sempre! Somos cidadãos e merecemos respeito!

  2. É lamentavel saber que os índios precisam ter documentos provando que são os donos de terra, afinal desde o principio foram eles os primeiros donos habitantes de todo continente americano. O homem ainda nao entendeu que´para os NATIVOS AMERICANOS ( sul, centro e norte)a terra é sagrada. Os índios sao donos do Portal tridemencional da Natureza.

  3. Tudo bem ser moderno e se atualizar, porém nao se deve esquecer as raízes e a Cultura.
    Melhor q usar celular é o cumputador, Telefone publico e camera fotografica porque tdos podem usufruir e com ajuda do governo pode-se ter ajudar de manutenção dos aparelhos.
    Educação e Cultura é um direito do cidadão e dever do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here