Aqui na Aldeia Kariri-Xocó chega, muitos estudiosos das universidades para fazer trabalho de pesquisas. Entre elas conheci o professor de história da UFAL Luiz Sávio, inclusive publicou alguns livros mencionando os índios de Alagoas e do Nordeste. Certa vez o professor indagou-me: ” Nhenety ” na cultura de vocês tem Cristo. Eu respondi. Tem professor, mas não com este nome, Cristo é para o ” cristão”. Para nós índios ” Deus é Índio “. No começo do mundo Deus se apresentou a tribo como um “Índio”, falando em nossa língua, pintado como nós, canta e dança o toré. Deus ensinou a caçar, a pescar e a plantar, o conhecimento da natureza estar em nossa cultura. Para as tribos indígenas Deus é um Índio Supremo, na Europa e na Ásia, Ele foi identificado como Homem Branco, usando, e cabelos louro e falando hebraico. Aos povos da África, Deus é Negro, mora no Deserto do Saara, toma banho no Rio Nilo. Finalizando professor ” Deus é como um de nós “. Os jesuítas queriam no início da colonização, fazer nós esquecer o nosso Deus Índio para mudar o Deus Branco. Mas ainda hoje nós lembramos como é nosso Ser Superior de acordo com a cultura indígena. Nhenety Kariri-Xocó.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here