Curso de Licenciatura Intercultural Indígena no Estado do Ceará para Professores e Lideranças Indígenas.

Vários professores indígenas do Estado do Ceará que passaram no vestibular da UECE – Universidade Estadual do Ceará estão reunidos na terceira etapa do Curso de Licenciatura Intercultural Indígena no período de 18 a 20 de fevereiro nos polos de Maracanaú, Caucaia e Cratéus.

As aulas realizada no polo de Crateús deu-se inicio no dia 18 de fevereiro na Escola Diferenciada de Ensino Fundamental e Medio Raizes Indígenas com a Disciplina Estrutura e Gestão das Escolas Indígenas, orientada pela Professora Jeannette Filomeno P. Ramos. Durante a execução desta disciplina mereceu destaque o estudo das leis que asseguram a Educação Escolar indígena e Diferenciada, onde nós professores tivemos a opotunidade de tirarmos nossas duvidas sobre a Constiuiuçao Federal Brasileira de 1988 com enfase nos artigos sobre a Educação Escolar Indígena, bem como a LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9.394/1996 entre outras.

Hoje dia 20 de fevereiro de 2011 estamos estudando a Disciplina de Arte e Educação orientada pelo professor Sergio Marques, e após, esturdarmos a teoria iniciamos os trabalhos do dia com aulas praticas, merecendo destaque o trabalho com argila que já é tradição em algumas aldeias indígenas do Estado do Ceará. Foi um momento de concentração, pois cada professor indígena se inspirava em suas aldeias para fazer o melhor trabalho. Foi também o momento de discontração com muitas rizadas a cada objeto que era construido e segundo a sábia Helena Potigura de Crateús “ Nossos olhos Precisam ver coisas para alegrar os nossos corações”.

Abraços em todos, cacique Jorge Tabajara de Poranga Ceará

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. oi grades colegas vcs vomos a luta,
    eu estou no IFB com 80 colegas professores índios do sul da Bahia,espero que vcs com a gente voamos somar jutos, Nos somos os verdadeiros dono desta terra que nos precisa da gente para cuidar dela, que a mãe terra nos pede socorro a humanidade,um grade abraço a todos os parentes, eu só Alapity Paulo Titiah, Pataxó Hã hã hãe, Emel paulo-titiah@hotmail.com

  2. Olá! Parentes, professores e lideranças indígenas do Ceará, eu sempre tive a preocupação de divulgar a importancia deste site e gostaria de solicitar que ao ler as materias postam seus comentarios. Abraços em todos Cacique Jorge Tabajara de Poranga Ceará. Abraçosssssssssssss

  3. Parente vcs estão de parabens!
    Nós aqui da bahia estamos parados a quase um ano depois que começou a prineira etapa. É triste e descepicionante, um curso de grande importancia par a nos povos indigena e esta parado, ninguem sabe o pq e ninguem sabe de nada! Quem perde com tudo isso é o nosso povo , nossas crianças. vamos esperar quem sabe daqui a 500 anos formaremos uma turma. ???Parabens e sucesso ao pra vcs!!!

  4. Parente Jorge Tabajara e os demais leitores do Indiosonline, Eu mim sinto muito orgulhosa de também esta participando desse Curso licenciatura Intercultural Indígena,espero tirar muito proveito do mesmo, e quero muito aprender coisas que eu ainda não sei, e fico triste pelo nosso parente Mawe que pena que e o de Vcs esta parado, vou ficar aqui na torcida pra vc terem uma avanço em relação ao curso.
    Abraços Fabiana Potyguara!

  5. é sempre bom estamos em contatos e principalmente discutindo as áreas:Terra,saude,educação e sobrevivencia!
    parabéns para todos nós de servos lutadores em busca dos nossos direitos
    Teka

  6. Parabens! para todos os formandos
    Acho que voces deveria estudar urgente ingles e espanhol é universal e também facilita o ´dialogo com indios de outros continentes e para passar mensagem para o mundo. Voces tem muitos aliados no mundo inteiro, mas precisa desta lingua. Ingles e espanhol urgente. e tambem quando for a Brasilia tenham sempre um chefe homem, uma mulher e um ou dois jovens como representante todos vestidos de terno e gravata e mulheres com roupas elegante se possível e só uma opiniao.

    Eu prefiro as roupas dos indios…gosto muito das roupas dos índios americanos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here