Na Semana do Índio, os Jovens Indígenas da Aldeia Bahetá comemoram em grande estilo, ou seja, mostraram tudo o que temos em relação a nossa Cultura no município de Itaju do Colônia – BA.

digitalizar0001

Com a participação e acompanhamento dos professores de Cultura Indígena da Aldeia Bahetá. No dia 19 na Escola Indígena Bahetá, foi feita uma manifestação onde foi lembrada a luta dos povos indígenas desde o descobrimento do Brasil e a luta dos Povos Pataxós Hã-Hã-Hãe, com a presença dos anciões da aldeia. O Ancião Claudionor Vieira de Santana (Pamboca) lembrou da índia Bahetá, símbolo de resistência e luta pelos direitos da causa indígena do Povo Pataxó Hã Hã Hãe e da morte do Índio Galdino que se tornou mártir e fortaleceu ainda mais a luta pelos direitos e respeito aos povos indígenas. Nos dias 20, 22 e 23 respectivamente eles se apresentaram nas Escolas Municipais, dentro do projeto desenvolvido na escola pela coordenação pedagógica, objetivando apresentar a cultura dos Pataxós Hã Hã Hãe de Itaju Colônia. O professor de Cultura Indígena Marco Antonio (Kawã) juntamente com o professor Robério, falaram sobre o ser índio na sociedade atual, das dificuldades encontradas enquanto indígena, do valor da sua cultura, o significado da pintura e da dança do Toré, que foi revitalizada através dos alunos da escola com a orientação do Cacique Reginaldo Ramos dos Santos (Arainha). Aproveitamos a oportunidade para mostrar a sociedade estudantil Itajuense os valores do nosso povo e as causas da nossa luta, diz o Cacique.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here