No próximo ano a UESC (universidade estadual de santa cruz)localizada no municipio de Ilheus,realizará seu primeiro vestibular com 50% das vagas de curso reservadas para estudantes de escola publica,sendo que, destas vagas 75% são para negros.
Serão tambem acrescidas duas vagas por cursos para Indios reconhecidos pela Funai.
Isso significa que de 40 vagas 20 estão reservadas para o grupo que optar pela reserva de vagas e comprovar a origem.
Só que 15 sáo para negros e 5 para quaisquer outras declarações.De certa forma continua sendo injusto pois o número de vagas são desiguais, mas já é um grande passo para ter nossos direitos reconhecidos.
Esta luta não para por aqui, a desigualdade e o preconceito estão muito presentes em nossas vidas, mas a união rompe quaisquer preconceito.

Luara Tupinambá
kaly.18@hotmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. OLÁ parenteseu me preocupo muito com os acontecimentos pos adiscriminação perante anossa nação e muito forte e inacreditavel que as vagas na universidades para os indigenas seja desta forma mas eu confio no pai Tupã que um dia o povo brasileiro irão descobrir que são quinhentos e sete anos de massacres perante anossa nação mas nos ainda estamos resistindo por q o oser humilde é saber exatamente o q somos e o q valemos. abraços

  2. As vagas já reservadas na UESC para os estudantes de escolas públicas é uma boa conquista, o q me estranha é a quantidade de vagas para os estudantes indígenas, pois a porcentagem é tão pouco q considero praticamente 0% de vagas para os nossos irmãos indígenas. Espero q tenhamos os mesmos direitos q os outros estudantes q tb precisam, mas nós tb necessitamos de oportunidades. Acredito q ainda há descriminação, desvalorizando assim, os nossos povos indigenas.

  3. Muitas vezes os próprios índios perdem espaço para os que não são índios!!! Por que será que isso acontece???
    Será que é por que nós não corremos atrás dos nossos direitos, enquanto indígenas que somos??? Ou porque muitas vezes esses direitos nos são negados e escondidos???
    Daí a importância de participarmos do debate sobre as cotas nas universidades!!!!
    Espero que todos participem e aproveitem ao máximo esse debate!!!!

  4. tivemos uma partes dos nossos direitos garantido quando nós foi dada a oportunidade de dispultarmos vagas na uesc,hoje temos cinco indios tupinambá aprovados para cursarem direito sergio,pedagogia claudio magalhães e marcineia oliveira, letras josé carlos e história patricia braz.estamos felizes mais não satisfeito continuaremos na luta para conquistarmos mais vagas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here