A Corrida do Imbu, é uma manifestação cultural Pankararu, que já vem de varias gerações passadas, e ninguém sabe dizer o tempo certo, que os Pankararu iniciaram e nem porque, mas só sabem dizer que faz parte da cultura Pankararu. Os Pankararu tem a Corrida do Imbu, como uma das tradições mais importante, para seu povo, pois referenda uma das frutas, que tem uma influencia espiritual, que é o Imbu.
Então a partir do primeiro domingo de intruso, que esse ano foi no dia 26 de fevereiro, dando então inicio a primeira corrida desse ano, que se encerrará após mas três corridas. E esse ano está previsto o termino, no dia 19 de Março.
Bom as Corridas, conste de três elementos o principal deles são os Praias, depois vem as colocadoras de cestos, que são mulheres Pankararu, que entram na mata, para apanhar frutas, e sendo uma das frutas o Imbu, para colocar em seus cestos, com isso ofertar para os encantados Pankararu, e o terceiro elemento é o homem, que vai fazer par com as mulheres. O homem tem a função, de ir para mata para apanhar, o cansanção tanto para ele como para a mulher, com quem ele vai dançar.
Daí então as Corridas, da inicio no terreiro do poente, a onde os participantes se intercalam, ou seja cada um segue essa seqüência, um Praia uma mulher, um Praia um homem, todos perfilados um atrás do outro, ao som do pífano eu o rabo de tatu.

Seguindo então para o terreiro do Araticum, dançando lá três rodas e o cruzeiro, só assim então segue para o terceiro e ultimo terreiro, que é o terreiro do Muricizeiro, que enfim será realizada a queima do cansanção.
A queima do cansanção, é muito simples, os pares o homem e a mulher, dançam o toré tradicional Pankararu, com o cansanção no ombro e tentam, e tentam queimar com o cansanção, os outros pares que estão na roda do toré.
E a função do homem, é proteger sua parceira, para que ela não seja queimada, com o cansanção, e a queima dura por volta de 10 a 15 minutos, até que o Praia, da frente conhecido como cabessero, dá um grito e assim a queima está encerada.
Então para encerrar a corrida é efetuado três torés, a onde dançam todas as pessoas, que estão presente no terreiro do Muricizeiro.

Vagno Barros.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. olha parente pancararu!
    e uum prazer saber como o dia de cultura de vcs e tao bonito e cheios de misterio assim nos ficamos criosos em conhecer a aldeia de vcs.

    parabens e continue espedindo materia assim sei como e o dia a dia de vcs.

    thyrry pataxo hahahae.

  2. Nossa Vagno,
    Vc arrebentou na foto e na matéria heim..
    Parabéns, é muito bom conhecer um pouco mais da cultura de vcs!
    Um abração!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here