Caros INDIOS ON-LINE, ARQUEIROS, E-ÍNDIOS:

FAÇAMOS UM LIVRO JUNTOS

Um livro que terá quatro objetivos:

1) Refletirmos juntos sobre a relação que nos queremos ter com a TECNOLOGIA.

2) Utilizar o livro para que muitos índios possam refletir junto conosco e também para que muitos não índios possam compreender quem são os índios hoje e qual é a relação que os índios querem ter com a tecnologia, lutando assim contra os preconceitos.

3) Que o livro possa ser apresentado junto aos projetos que vocês irão encaminhar para os financiadores e ou parceiros, dando assim respaldo e credibilidade a vocês.

4) Que possamos vender alguns livros para termos recursos para dar continuidade ao ARCO DIGITAL.

Neste pagina iremos começar a intercambiar nossas idéias sobre o USO da Tecnologia. Iremos juntos escrever nossas idéias e partilhar nossos comentários, nos enriquecer com a visão do outro.

1) Sobre os DIREITOS AUTORAIS.

Existem alguns artículos interessantes para ler (Que é copyleft…) e principalmente a pagina http://creativecommons.org.br/ que nos orienta sobre os direitos que a THYDEWAS propõe para este trabalho.

Temos escolhido http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/br/deed.pt para este portal. Isso pode ser debatido por todos os participantes, ate chegarmos a um contrato para o portal e um outro para o livro.

2) Sobre a DISTRIBUÇÃO:

Faremos 3000 livros, tendo desde já nossa obrigação de repassar 20% para o Instituto Oi Futuro, nosso financiador. 3000 – 600 = 2400

a) 400 para dividir entre todas as nações participantes.
400 para dividir proporcionalmente para todos aqueles que colaborarem com
conteúdo no livro.

b) 400 para vender e gerar recursos para continuidade e aperfeiçoamento do Arco.

c) 1000 para a THYDEWAS divulgar seus projetos visando a continuidade dos mesmos a sustentabilidade da instituiçao.

d) 200 para dividir entre os apoiadores da iniciativa

3) Sobre o TITULO:

Após debates já temos duas opções:

a) Índios na visão dos índios: Na era digital

b) Cyberculturas indígenas

4) Sobre o CONTEÚDO:

• Quais são as visões dos indígenas sobre o mundo moderno, sobre as tecnologias, sobre o chamado “progresso”.

• Os índios podem usar celular?

• Para que os índios querem internet?

• A Tecnologia mata as culturas indígenas?

• De que serve a tecnologia para as comunidades indígenas de Hoje?

Na sociedade atual existem muitos preconceitos e mudar essas idéias também é nosso objetivo.
Contar casos, dar exemplos…
• Como foi o primeiro encontro com um computador,
• Como foi saber que as maquinas pegam vírus,
• Como é viajar no espaço e tempo a velocidade das ondas?

E para aqueles índios que ainda não usam a tecnologia/informática, que conselhos podemos dar?
• E para o mundo se relacionar com a tecnologia, que advertência temos a partilhar?

Poderemos colocar matérias publicadas no nosso site, poderemos colocar fotos, desenhos, composições, cantos, poesia, crônicas, contos, historia, estórias…

Temos tanto que provocar a reflexão, conscientizar, amolecer corações e educar.

Proponho que cada um for escrevendo no seu caderno… Um lugar onde é possível escrever e re-escrever, mudar infinitas vezes e também compartilhando aqui na tela da frente para ouvir as opiniões dos outros.

UMA RESENHA HISTORICA:

THYDEWAS foi nascendo da experiência de fazer colaborativamente livros com as comunidades indígenas.
A coleção INDIOS NA VISÃO DOS INDIOS, livros com textos, fotografias e desenhos feitos por índios… Já conta com oito exemplares…

E com o reconhecimento do IPHAN (MinC) através do PRÊMIO RODRIGO MELO FRANCO DE ANDRADE – EDIÇÃO 2004 pelos livros e as ações feitas com eles.

Alem desse livro, fizemos: CANTANDO AS CULTURAS INDÍGENAS, em forma colaborativa entre sete nações, através de seus professores.
O povo Xucuru-Kariri e o povo Pataxó-Hahahae estão com um projeto aprovado pelo Ministério da Educação para também publicarem seus livros: INDIOS NA VISÃO DOS INDIOS.

Com esta proposta, THYDEWAS quer começar a abrir uma outra dimensão da coleção INDIOS NA VISAO DOS INDIOS, a dimensão temática. Fazermos juntos agora: “NA ERA DIGITAL”… E depois fazer um sobre ECOLOGIA, outro sobre EDUCAÇÃO… e lá vai…

Estamos à disposição para dialogar e construir juntos.

Esta informaçao pode ser divulgada.

Os interesados tem ate 15 de junho para entrar em contato!

Sebastián Gerlic

sebastian.thydewas@gmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Quero dar uma sugestão para o titulo :
    Indios na visão dos Indios : Cyberculturas indígenas, assim pode continuar a série de educação, arte, meio ambiente etc…Vou contar no meu caderno com achei vcs no ciberespaço, ok? e como foi que entrei pro arco digital. Beijos e vamos juntos!

  2. Que idéia maravilhosa!

    Quando falo sobre esse site normalmente a reação de quem ouve é preconceituosa: “MAS PARA QUÊ OS ÍNDIOS QUEREM INTERNET?”; “DAQUI A POUCO ELES VÃO QUERER ENTRAR NO MSN”; “ÍNDIO TEM COMPUTADOR PRA QUÊ?” “EXISTE UM SITE QUE ELES PUBLICAM MATÉRIAS? AAAAH, ENTÃO NÃO SÃO MAIS ÍNDIOS”.
    Apesar das minhas explicações tentando arrebatar esses comentários preconceituosos, eu sinto que não mudei nada. Sem dúvida, esse livro abrirá estas mentes, ou pelo menos ajudará a esclarecer certos pontos. A cultura indígena é linda, merece todo espaço do mundo! Ao meu ver, a internet, a tecnologia de modo geral, não “embranquece” o índio… ao contrário, desperta a consciência dos não-índios.

    Quero colobarar de alguma forma, aguardo notícias!

    .

  3. tenho um nome que segundo meu pai tem descendência indígena, tanto eu quanto a minha irmã e já cansei de produrar o significado e não consegui encontrar, por isso peço a ajuda de vocês que entendem deste idioma nacionalíssimo para que possa saber o significado de meu nome. Me chamo AGABATAN (grafado desta forma) e minha irmã se chama JURACIÁRA. Se alguém conseguir me dizer o significado, inclusive com o que quer dizer o que (aga= ba= tã=), fico agradecido.. Estou no ahuardo.

  4. Sou neta de india da Aldeia de Tapuiá Marau- Bahia,com Italiano de Napolis – Italia.
    No momento estou fazendo um trabalho com as aldeias Pataxó de Porto Seguro – Bahia.
    Gostaria de poder implantar um projeto de comunicção digital nas 5 aldeias,como poderemos fazer essa proposta?
    Rosa Penzza
    MSN rpenzza@hotmail.com
    Skper rosinha4337
    http://www.jupara.org.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here