“Sou Índio GuerreiroCartaz Seminário 2014

E venho pra mata caçar

Quando chego neste pé-de-serra

Vejo a arara voar

Olha o canto desta arara 

É um canto de muita de muita beleza

Não posso destruir 

As coisas da nossa natureza”

(Canção cantada durante o Porancy Tupinambá de Olivença)

 

Território Indígena Tupinambá de Olivença, 18 de Setembro de 2014

 

A Comissão Organizadora da VI Seminário Índio Caboclo Marcelino, formada por Indígenas moradores do Território Tupinambá de Olivença (Ilhéus/Bahia), Discentes/Docentes da Colégio Estadual Indígena Tupinambá de Olivença, pela Associação Beneficente de Cultura Sustentável e Promotora da Pesca e do Artesanato dos Índios Tupinambá de Olivença-APAITO e por alguns Discentes/Docentes da Universidade Estadual de Santa Cruz-UESC, tem a satisfação de convidar para participar deste evento que procura fortalecer, divulgar e consolidar apoios à luta do Povo Tupinambá pela demarcação do Território Tradicional. 

Por esta razão principal o Seminário Índio Caboclo Marcelino acontece às vésperas da importante XIV Caminhada Tupinambá em Memória aos Mártires do Massacre do Rio Cururupe e à Caboclo Marcelino, buscando também a troca de saberes e conhecimentos entre os Tupinambá, indígenas de diferentes Povos e não indígenas.

O evento nasceu em 2008 realizado por alunos e professores de História da UESC. Foi realizado, novamente, em 2009 e em 2010 não aconteceu. Ressurgiu em 2011 como uma resposta de um grupo de pessoas (indígenas e não indígenas) às prisões de Tupinambá que estavam ocorrendo, perseguições, criminalizações, reintegrações de posse. Em 2012 ocorreu a Retomada simbólica do Seminário pela Comunidade Tupinambá, sendo realizado totalmente nas Aldeias Tupinambá, contando com a expressiva participação indígena na organização e atividades desenvolvidas. Desde então tem participado do evento pessoas (indígena e não indígenas) vindas de outros países (Argentina, Colômbia, França, México), estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais entre outros), cidades, localidades e bairros da região. Em 2013 o Seminário ocorreu em forma de Atos de Apoio que culminou com um Manifesto de Apoio a Luta do Povo Tupinambá assinado pelo Grupo de Observadores Nacionais e Internacionais de Apoio à Luta do Povo Tupinambá de Olivença, sendo entregue pelos participantes ao Ministério Público Federal e Tribunal Regional Federal local.

Neste ano (2014) iremos novamente nos reunir com apoiadores de diferentes localidades para consolidar cada vez apoio a Luta Tupinambá e apressar o governo na Demarcação territorial. Por isto sua presença e da comunidade onde está é fundamental no sentido de também fortalecer os apoiadores da Luta Tupinambá. Não deixe de participar e chame sua comunidade para o Seminário Índio Caboclo Marcelino.

O Seminário Índio Caboclo Marcelino não possui fins lucrativos e nenhuma forma de financiamento público/privado. Os únicos apoios que possuímos e o transporte durante o evento (feito pelo Colégio Estadual Indígena Tupinambá de Olivença). A alimentação é organizada pela comunidade e/ou oferecida pelo Colégio Indígena. As hospedagens são oferecidas em nossas casas e ocas e/ou através das próprias custas dos participantes. As inscrições são totalmente gratuitas, sendo solicitada algum tipo de contribuição não obrigatória. Frisamos isto porque desejamos realizar nossas atividades com completa autonomia e de forma auto sustentável.

O evento busca envolver a totalidade do Território Tupinambá. Os lugares são escolhidos nas reuniões da comissão, procurando sempre adequar aos diferentes momentos e necessidades de organização (alimentação, transporte e hospedagem). Em 2012 ocorreu em Santana (Cachoeira Redonda); Aldeia Itapoã (Águas de Olivença); e Aldeia Gwarini Taba Atã (Syryhba). Em 2013, também por razões infraestruturais e organizacionais, procuramos privilegiar os espaços do Colégio Indígena Tupinambá de Olivença, encerrando o evento na Aldeia Mãe.

 

Sua presença e da comunidade onde mora é fundamental no Seminário Índio Caboclo Marcelino no sentido de também fortalecer os apoiadores da luta Tupinambá.

 

Não deixe de participar e chame sua comunidade.

 

Maiores Informações:

– http://seminariocaboclomarcelino.blogspot.com.br/

– https://www.facebook.com/events/277583909104858/

 

“Ama mba’é Taba Ama

Supy Atã Tupã

Ama mba’é Taba Ama

Amaé Tupã Piain Ndêtã

Ama mba’é Taba Ama

Ama Paui Betã

Ama mba’é Taba Ama

Taba Tupinambá”

AWERÊ!

 

 

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here