NOSSA TRIBO COLABORATIVA DE APRENDIZAGEM É FEITA POR TODOS NÓS.

É DA ALQUIMA, DA MISTURA, DO ENCONTRO, DO DIALOGO, DE SOMAR AS NOSSAS FORÇAS QUE AGENTE FAZ JUNTOS NOSSO ARCO.

SONHEMOS E FAÇAMOS!
ESTE ESPAÇO AQUI É PARA ESTARMOS AVALIANDO CONTINUAMENTE NOSSO ARCO.

OBSERVANDO, PROPONDO E PLANEJANDO COISAS PARA NOSSO ARCO SER A CADA DIA MELHOR.

QUE ESTA ACHANDO?QUE VOCE GOSTARIA ACRESCENTAR? MUDAR?
DE QUE VOCE PRECISA? – OPINE !

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. OI SOU CÕANPANK ACHO QUE FOI UMAS DAS IDEIAS MELHORES QUE JÁ PESSAMOS, MAIS TEMOS QUE FAZER TUDO QUE FOI PENSSADO PARA PODER ACONTECER.
    SE AGIRMOS DA MESMA FORMA QUE PENSSAMOS TUDO DAR CERTO, TEMOIS MAIS FORÇA SÓ É PRECISO CONTRIBUIRMOS PARA ISSO. EU GOSTARIA QUE MELHORASSE O DIALOGO ENTRE OS PARTICIPANTES, A TROCA DE IDEIAS A QUIMICA ENTRE TODOS, QUE TIVESSE UM CHAT POR SEMANA PARA NOS AVALIARMO, E VER O SERIA NESSESSARIO MAIS PARA MEHORAR, ISSO SIM CONTODOS OS FACILITADORES PARA NOS ORIENTAR NO QUE PRECISAR.

    ESPERO QUE MEU COIMENTARIO CIRVA PARA FORTALECER NOSSO ARCO MAIS E MAIS, PARA QUE ELE POSSAMOS ATIRAR NOSSA FLECHA MAIS LONGE, E TER A CERTAZAQUE ACERTAMOS O ALVO.

    NOBERTO (CÕANPANK)

  2. Este curso é uma boa oportunidade para construírmos conhecimentos de forma significativa.
    Creio que todos envolvidos no arco terá uma experiência sem igual e melhor ;por em prática o que foi aprendido em beneficio coletivo ,ou seja para sua comunidade.
    Hoje estou muito feliz pois só hoje consegui entrar no arco é uma pena que muitos escritos no arco não esteja tendo tanto entusiasmo.
    Bom vou fazer o possivel e desde já agradeço a oportunidade.

  3. Precisamos continuar avaliando o primeiro curso que vivemos. Por que poucos indios participaram?
    Porque só uns responderam as questões dos temas discutidos e outros não? Qual a sugestão para melhorar o próximo curso? O que voces acham que é preciso mudar no arco para melhorar?

  4. com certeza esta é mais uma conquista dos índios na luta por um reconhecimento no mundo, mostrando que somos capazes de evoluir se esquecer nossas tradições.

  5. Boa noite!Acabo de entrar neste valioso site.
    Ainda não sei bem como me comunicar: se vc está lendo “na hora”, se todos lêem.. Enfim!

    Desde já saúdo a todos como irmãos! Pois o egoismo e a vaidade, pais de todos os males é que nos faz esquecer a naturalidade, a comunhão… O RESPEITO! Que todos os habitantes desta mãe-Terra, possuem em igualdade na essência… E, que a ignorância destrói em preconceitos e ganância!

    ESTOU COM UM GRAVE PROBLEMA:
    Meu filho, que é “branco” (parece ter por parte de pai uma bisavó indígena)… SE INSCREVEU PELO SISTEMA DE COTAS, SE AUTODECLARANDO INDÍGENA!
    Assim, onseguiu passar no Vestibular, sem concorrentes (cota de PESSOA PERTENCENTE A POVOS INDÍGENAS)..
    Enfim, A MEU VER SE UTILIZOU DO DIREITO QUE NÃO É DELE! (temos descendência italiana. Ele sempre foi criado em c..idade grande.. Em apartamento,.. Nada onhecendo das tradiç~es indígenas.. Inclusive tem a pele bem clara e cabelos castanhos-claros)!

    MEU FILHO DISSE QUE PODERIA CONCRRER Á UMA VAGA PELO SISTEMA DE COTAS SE DECLARANDO “PERTENCENTE A POVOS INDÍGENAS”, PORQUE ELE ESCREVEU UMA AUTODECLARAÇÃO (acho que se inscreveu pela internet). E ELE DIZ QUE COMO UMA BANCA DE EXAMINADORES VAI LER OS DOCUMENTOS E INCUSIVE A DECLARAÇÃO.. NÃO É CRIME!!!

    Que moralmente é crime, eu sei!
    Mas, não consigo fazê-lo desistir..
    APELEI para o nome ds familiares… A vergonha para a amília se ele virasse capa de revista.. E LI QUE É CRIME DE FALSDADE IDEOLÓGICA (se autodeclarar, em documento público, o que não é verdade para ter vantagens: 5 anos de detenção).

    MAS, NÃO SEI SE ESTE CASO É REALMENTE CRIME… Estou pensando em ir à Universidade e contar tudo e pedir perdão por ele.. (meu filho falou que é ridíulo.. Para eu ir.. Estou om medo de passar vergonha!).

    VOCÊ(S) PODEM, POR FAVOR, ME AJUDAR?!
    GRATÍSSIMA!!!!
    (daniele1169@hotmail.com)

  6. Eu não sou índia, mas participo de um grupo de estudo xamanico em minha cidade e gostaria de confeccionar meu próprio maracá ao invéz de comprar. Algúem pode me ensinar a fazer um?
    Desde já agradeço

  7. gostaria de fazer amizade com nativos de qualquer tribo o nacao indigena. moro em sao paulo e gostaria passar um tempo numa comunidade pra aprender da sua cultura. meu nome é Iván.

  8. gostaria de fazer amizade com nativos de qualquer tribo o nacao indigena. moro em sao paulo e gostaria passar um tempo numa comunidade pra aprender da sua cultura. meu nome é Iván.

  9. TENHO MAIOR ORGULHO DO ÍNDIOS DO MEU PAIS:
    Sempre tive muita vontade de agradecer à estas nações, pedindo perdão pelo que jamais faria a este POVO, TERRA E CULTURAS, mas que os colonizadores e demais homens-maus fizeram ao INDIO GALDINO e demais pessoas indígenas de nossas aldeias.
    Sempre tive muita vontade de pedir a todos vocês que continuem escrevendo, pois escrever bem e a mesma coisa de caminhar bem: SÓ MESMO PRATICANDO, não importa se no início engatinhem na escrita, pois como caminhar-bem, aos poucos irão evoluindo, crescendo, se desenvolvendo e amadurecendo, até um dia escreverem bem.
    Façam poesia, não interessa que nem vocês mesmo gostem de início – MAS SOBRETUDO JAMAIS DESTRUAM O QUE ESCREVEREM, pois alguém sempre estará sentindo falta de suas escritas, de seus poemas.
    Escrevam, façam poesia e caminhem sempre, pois a prática os fará um dia escrever-bem. poesitizar-bem e caminhar-bem, sendo madurecidos e melhores a cada dia.
    E escrever faz parte da história do povo que precisam contar e transcrever, legar aos povos que o admiram como eu e o meu.
    Continuem escrevendo e, aos poucos, aparecerão pessoas interessadas em seus escritos, em suas mensagens, suas vitrines da cultura que os criou, consulte os mais velhos e procurem deixar escrito o que eles procuram passar em palestras em culturas orais, para que não se percam mais o que o esquecimento já apagou da memória do que se poderia apossar hoje a cultura deste povo, que é teu, é meu, é de todos nós, nossos povos unidos num só mundo, num só desejo. Amém!

  10. Conheci este site hoje… e estou muito agradecida a Deus por isso. Que bom que existe esta rede. Sou uma índia de coração e de luta. Sou do Piauí e segundo estudos, lá teve 14 etnias indíginas… Mas eles foram mortos. Não sei de qual descendo…mas gostaria muito de saber… É muito triste perder uma cultura… não saber da sua identidade real… Contudo é muito bom verificar aqui a luta de todos vocês. Parabéns!!! Divulgarei este site de agora por diante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here