Quando de jovens estudamos, conhecemos muitos lugares pelos livros didáticos; lugares de terras nunca vistas por nós, montanhas geladas de continentes desconhecidos.
Quando viajei porque arrumei um trabalho longe da minha tribo conheci muitas paisagens encantadoras, pessoas amigas, encontrei perigos, leis estranhas, costumes diferentes, um outro mundo além do horizonte. Senti saudade de minha terra, das serras, dos vales, do rio que banhava minha aldeia,lembrava do canto do toré em noites de festa da colheita do milho. Conversando com o cacique Otávio anos atrás ele me disse: “Rapaz, o meu sonho não é conhecer o mundo lá fora, mas conhecer o que temos aqui na tribo, sou um velho, já vivi bastante, mas conheço muito pouco de meu povo, de nossas terras e de nossos segredos. Conhecer o nosso mundo é saber sobre as serras, sobre o rio, seus peixes, sua floresta, as plantas, os animais, as pedras, as chuvas, o verão, a seca… O mais importante é ver de perto as crianças de meu povo crescendo, acompanhando a vida da comunidade, viver na tribo junto dos outros. Se todo os indios forem embora daqui não existiria aldeia, ficaria na história: Aqui existiu um povo que foi embora… Estude, viaje, vá conhecer muitos lugares, mas não esqueça daqui. Eu mesmo sou feliz porque meu pai, minha mãe, meus avós, meus amigos, os heróis de nossa história estão aqui, guardados na terra sagrada. Estar vendo aquele pé de juazeiro verde? lá era onde seu avô descançava quando vinha da roça. Muitas vezes nós dois conversava da tribo, ele era um agricultor de fartura, plantava milho, feijão, abóbora, quiabo, maxixe, mandioca, melancia e muitas lavoura. Estes lugares que você esta vendo ao seu redor não são estranhos para mim. Andei, caçei, pesquei, plantei tenho um pouco de sua história”.

Fica um exemplo: Não podemos sair da tribo e nos perder no caminho esquecendo nosso povo, vivendo nas cidades, trabalhando, sem retornar nos em nossos lugares de origem.

Conhecer outros lugares é maravilhoso, mas importante mesmo é conhecer o nosso lugar.

“Conheça teu lugar e conhecerás o mundo”

Nhenety Kariri-Xocó.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here