Foto Ararawã BaenãAconteceu no dia 22 de março de 2016, no Colégio Estadual da aldeia indígenas Caramuru, a Assembleia Geral para referendar o Conselho de Segurança Comunitário. Teve uma cerimônia de posse, aonde os membros do conselho têm a responsabilidade de promover a segurança e a justiça dentro da comunidade, um ritual com a benção dos anciões foram dada aos novos lideres.

Foram escolhidos e referendados 15 representantes indígenas, entre jovens e pessoas mais experiente, que está se dedicando para melhorar o cenário social do povo indígena Pataxó Hãhãhãe.  Na assembleia contamos com o apoio do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), Fundação Nacional

do Índio (FUNAI) na pessoa do chefe de CTL que também representava a CR FUNAI. As lideranças tradicionais também fizeram presente caciques e Conselho de Ancião Pataxó Hãhãhãe, o grupo Thihy Xohã. Além da composição do conselho de segurança, aproveitamos a reunião e abordamos outros temas, a Exemplo a Fala do Técnico Antônio Assumpção que apresentou como está a Execução do projeto GATI na terra Indígena Caramuru, ressaltou a importância da organização com foco em preservar o meio ambiente do referido território. O Coordenador da SESAI também apresentou informações da saúde indígena.

Só temo agradecer a todos que colaboram com na construção da organização da comunidade e principalmente utilizando o nosso Regimento Interno da comunidade Indígenas.

do Índio (FUNAI) na pessoa do chefe de CTL que também representava a CR FUNAI. As lideranças tradicionais também fizeram presente caciques e Conselho de Ancião Pataxó Hãhãhãe, o grupo Thihy Xohã. Além da composição do conselho de segurança, aproveitamos a reunião e abordamos outros temas, a Exemplo a Fala do Técnico Antônio Assumpção que apresentou como está a Execução do projeto GATI na terra Indígena Caramuru, ressaltou a importância da organização com foco em preservar o meio ambiente do referido território. O Coordenador da SESAI também apresentou informações da saúde indígena.

Só temo agradecer a todos que colaboram com na construção da organização da comunidade e principalmente utilizando o nosso Regimento Interno da comunidade Indígenas.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
A muito tempo lutando em prol do Povo indígena do qual faço parte, até ameaças de morte já recebi. Mas não me calo! pois os espíritos de meus antepassados está comigo. E a proteção de Tupã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here