reuniao-0341

ESCOLA PANKARARUS EZEQUIEL

ALDEIA BREJO DOS PADRES-POVO PANKARARU

TACARATU-PE.

05 DE NOVEMBRO DE 2009.

COMUNIDADE EDUCATICA SE REÚNE JUNTAMENTE COM LIDERANÇAS DAS ALDEIAS DO POVO PANKARARU, CACIQUES, ZELADORES E ZELADORAS DE PRÁIAS

OBJETIVO: DISCUTIR DENÚNCIAS NO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, SOBRE A EDUCÇÃO ESCOLAR DO POVO PANKARARU, NA SUA ESTRUTURA, ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO NO SISTEMA ESTADUAL DE ENSINO DE PERNAMBUCO.

reuniao-033

As denúncias são de natureza explícita, envolvendo todos os profissionais em educação: professores e professoras, merendeiras, auxiliares de serviços gerais, motoristas, equipe de gestão das escolas Pankararu, e demais categorias, apontando irregularidades em todos os setores educacionais, comprometendo a vida dos nossos futuros guerreiros Pankararu.

Os denunciantes pedem sigilo dos seus nomes, uma vez que envolve quase todos os povos indígenas de Pernambuco.

O Ministério Público Federal da Instância de Garanhuns-PE é quem estar com os inquéritos instaurados para as devidas apurações.

Comentários via Facebook

8 COMENTÁRIOS

  1. “Quem não deve não teme, mais quem dever que pague pelos seus atos”, embora que denuncias são muito faceis de fazer, então não acredito e nem quero acreditar nessas ipoteses de inrregularidades. POis como já foi mencionado a frase de Paulo Freire “LER É ADENTRAR-SE NO MUNDO”, não devemos permitir que essa possibilidade de suspeita possa ser verdade. Espero que isso seja apenas conversa de quem não tem o que fazer.
    Espero que o Ministério Publico investigue as denuncias e apure a verdade que esperamos, pois não há uma democracia sem que ela seja dado o direito de defesa das acusações. Vou torce para que não seja verdade, pois o meu povo pankararu que realmente necessita das aulas destas escolas, vão ser os principais prejudicados.
    Boa sorte meu povo de bem, e que se realmente houver algum culpado, que pague na cadeia, que justiça seja feita. Mais espero que isso seja apenas um mito!

  2. Eu concordo plenamente com o parente Carlinhos Pankararu, quem não deve não teme e quem deve que pague! Bom ja estou atuando na educação como professora pankararu desde 2003, e o que me deixa triste é saber que todo o povo pankararu e demais povos de Pernambuco serem responsavéis por algo que alguém tenha feito, eu espero que essas denuncias sejam investigados, os culpados punidos para servi de exemplo para que outros não venham cometer esses mesmos erros! e que se não for comprovado essas denuncias que o denuciador passe um bom tempo na cadeia para aprender a não sair por aí denunciando sem ter provas e prejudicando todo um povo por questões politicas! O nosso principal objetivo é dar uma boa educação aos nossos alunos, de formar cidadãos, pessoas de bem, pessoas dignas!

  3. Um movimento grande e interno como:comunidade educativa se reunir para discutir as possiveis explicações de irregularidades de Pankararu!A noticia por si só é triste para nosso povo,principalmente porque tal fato é só “suspeita”.
    Eu como India Pankararu fico triste como uma bomba dessa,pois tive que sai de lá temporariamente para investir na minaha formação acadêmica.
    Espero

  4. ….que tal denúncia não manche a história vitoriosa do nosso povo! O ser humano tem o péssimo hábito de julgar tudo pela aparência,mesmo sobre aquilo que não possui conhecimento…ou então abre a boca para falar (e no caso denumciar) o que não tem certeza!
    Sabemos que a realidade Psnkararu não é MAR DE ROSAS,mas também não é tão lastimável como se pensa!!
    Somos responsaveis por todas as nossas atitudes,e creio que quem denunciou deve ao menos ter imaginado que tal denuncia MANCHA LITERALMENTE o trabalho de profissionais da area de educação indigena(mesmo que estes sejam poucos),que diariamente se dedicam ao desenvolvimento intelectual do nosso povo.
    Torço para os culpados reciclem-se aso invés de serem punidos,pois com isso reprenderão os valores da vida como:o que ser humano,respeito ao próximo,educação de qualidade e respeito a dedicação e trabalho daqueles que buscam contribuir.
    “SOMOS PEQUENOS GRÃOS DE AREIA QUE SOZINHOS NÃO SOMOS NADA,PORÉM UNIDOS SOMOS CAPAZES DE REALIZAR GRANDES MUDANÇAS”

  5. A educação é uma arma muito poderosa, quando utilizada de forma correta se torna ferramenta para libertar o povo das correntes da ignorância. Porém, quando se faz o mau uso as consequências podem ser irreparáveis. A Educação Indígena de Pankararu é Diferenciada, e isso só foi possível graças a luta, a coragem e a determinação daqueles que acreditam e querem proporcionar um futuro digno para nossas crianças, através da educação. Essas denúncias, verdadeiras ou não, eu acredito que não sejam, não podem se confundir a história daqueles que tanto conquistam e fazem pela educação. É bem verdade que muitos generalizam o pouco com o todo, cuidado para não confundir. Tenho certeza que tudo irá se esclarecer, pois caso contrário nossas crianças e nossos estudantes é quem pagarão um alto preço.

  6. Verdades da Profissão de Professor
    Ninguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível. Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses profissionais continuem sendo desvalorizados. Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso da educação, grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.
    A momento é um convite para que todos, pais, alunos, sociedade, repensemos nossos papéis e nossas atitudes, pois com elas demonstramos o compromisso com a educação que queremos. Aos professores, fica o convite para que não descuidem de sua missão de educar, nem desanimem diante dos desafios, nem deixem de educar as pessoas para serem “águias” e não apenas “galinhas”. Pois, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda.

    Paulo Freire

  7. Sou totalmente de com a fala do Carlinhos Pankararu, “quem não deve não teme e quem deve que pague pelos seus atos!” sou acadêmico do curso de Letras da\Faculdade São Miguel situada em Recife-PE, e o que me deixa revoltado com tudo isso é saber que todo o povo pankararu e demais povos indígenas de nosso estado estão passando por uma situação constrangedora como esta, por algo que alguém tenha feito, espero que essas denuncias sejam investigados, investigadas e os culpados punidos para servi de exemplo para que outros não venham cometer esses mesmos erros! eu jamais acredito que eles fossem capaz de tais atos… bem nao cabe a mim julgar e sim a justiça… que o Ministério Publico faça o que tem que fazer e que se não for comprovado essas denuncias que o denuciador passe o resto de sua vida apodrecendo na CADEIA, para que aprenda a nao ofender o povo indigena sem ter provas e prejudicando prejudicando a todos por meras questões politicas!É como Luana Pankararu enfatizou em seu comentário lembrando do que Paulo Freire disse a um bom tempo atrás “…a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda. Pois o principal objetivo é educar e formar pessoas dgnas! Para que possamos mudar a cara de nosso Pais. Na espectativa de torna-lo melhor.

  8. Sou totalmente de acordo com a fala do Carlinhos Pankararu, “quem não deve não teme e quem deve que pague pelos seus atos!” sou acadêmico do curso de Letras da Faculdade São Miguel situada em Recife-PE, e o que me deixa revoltado com tudo isso é saber que todo o povo pankararu e demais povos indígenas de nosso estado estão passando por uma situação constrangedora como esta, por algo que alguém tenha feito, espero que essas denuncias sejam investigadas e os culpados punidos para servi de exemplo para que outros não venham cometer esses mesmos erros! eu jamais acredito que eles fossem capaz de tais atos… bem nao cabe a mim julgar e sim a justiça… que o Ministério Publico faça o que tem que fazer e que se não for comprovado essas denuncias que o denuciador passe o resto de sua vida apodrecendo na CADEIA, para que aprenda a nao ofender o povo indigena sem ter provas e prejudicando a todos por meras questões politicas!É como Luana Pankararu enfatizou em seu comentário lembrando do que Paulo Freire disse a um bom tempo atrás “…a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda. Pois o principal objetivo é educar e formar pessoas dgnas! Para que possamos mudar a cara de nosso Pais. Na espectativa de torna-lo melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here