No dia 05.07.2009 estive presente em uma mesa de debates sobre o “Turismo Étnico Brasileiro Expectativas e Oportunidades”, realizada no Salão do Turismo SP – Roteiros do Brasil.

Infelizmente, não tivemos a presença de nenhum representante dos povos indígenas, nem de comunidades ribeirinhas, nem de outras comunidades tradicionais que creio que deveriam estar por lá, mas também acredito que esta mesa tinha por objetivo somente a integração do movimento afro.

Como Bacharel em turismo e simpatizante dos movimentos indígenas, entre outros, sempre trabalhando com o turismo de base comunitária e o turismo étnico não perdi a oportunidade de falar por mim e por todos nós.

O fato é que no local estavam muitos integrantes de movimentos afros, bem como o Deputado Federal José Candido e o Senhor Francisco Henrique S. O Junior, presidente da Associação Nacional do Turismo Afro Brasileiro – ANTAB. Na referida mesa de debates foi criado o Coletivo Gestor do Turismo e Negócios Afro Brasileiro no Roteiros do Brasil…

Por outro lado, o Ministério do Turismo, representado por Jurema Monteiro defendeu que o TURISMO ETNICO não é somente formado por comunidades AFRO’s….

Ao final, fui conversar com Francisco Henrique sobre a possibilidade de formarmos um coletivo onde todos os povos étnicos poderiam se juntar e colaborar, para a estruturação do plano nacional de turismo étnico, a resposta foi que sim, porem ao ver meu email, percebi que mais uma vez, os outros povos ficaram de fora.
Vale lembrar, que Jurema Monteiro, através do Ministério esta a espera de documentos que estruturem o Turismo Étnico como ferramenta para o desenvolvimento sociocultural sustentável de comunidades tradicionais!!!

Então, peço a sua colaboração, pois creio que o momento seja agora, temos a oportunidade de falar oque queremos e como queremos.
Reflita, porem sejamos breve!!!

Assim, venho através deste propor que também criemos um COLETIVO GESTOR DE TURISMO ETNICO INDIGENA!!!!,Ou ainda, fazer um coletivo onde todos possam participar!!!

Por: Alessandra Mendes
e-mail:ale.socioambiental@gmail.com
Fonte:ale-socioambiental.blogspot.com

Postado por: Jaborandy Yandê Tupinambá de Olivença
jaborandy@indiosonline.org.br

Comentários:

Comentário de: Francisco Henrique [Visitante] Email
Sra. Alessandra….

Fico contente de que esteje tentando uma iniciativa para a questão indigena, que é muito importante sem dúvida.
quero informa-la que temos sim dentro da ANTAB, representantes do segmento indigena e que inclúsive estive já realizando palestras para o desenvolvimento indigena como empreendendores.
Temos em nossa rede a Senhora Eliana Potiguar, que atua nest questão além de outras pessoas com representação.
Quero informa-la que estamos desenvolvendo um trabalho em parceria com a MTur, que é fruto da nossa luta e que estamos abertos a todos que se interessem pela causa independentemente de genero étnico.
Desta forma convido-a a participar da Rede do Turismo Étnico Afro Brasileiro.

Att.

Francisco Henrique
Pres.da ANTAB
assocnacionalafro@yahoo.com.br

09.07.09 @ 10:10

Comentário de: Regina Mainardi [Visitante] Email
Será por que os indígenas não compareceram? No Espírito Santo, estamos desenvolvendo projetos para as culturas indígenas Guarani e Tupinikim, com as três aldeias Guarani. Será rodado o vídeo digital, ficção, 26 minutos, “Como a Noite Apareceu”, com o patrocínio da Petrobrás, onde se fará uma aldeia temática. Paralelamente serão realizadas oficinas da gastronomia, artesanato, cerâmica dentre outros, em 40 dias, com a parceria do SEBRAE, que após o vídeo capacitará os indígenas para gerir a aldeia, inserindo-os no Turismo Étnico, numa programação anual. É o primeiro vídeo dentro de uma coletânea. Enquanto isso, os Governos Estadual e Municipal de Aracruz, FUNAI e equipe, estão trabalhando no resgate dos tupinikim, que é mais complexo mas, estão criando o 1º Fórum que levará a construção da aldeia temática e quem sabe, breve teremos um polo de vídeo etninográfico indígena na região. O projeto é da Politeama Produções Ltda. Abraços.
19.07.09 @ 15:30
Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here