lafaet-01… Eu me organizando posso desorganizar/

e eu desorganizando posso me organizar…”

Chico Science.

Não há outro jeito de continuarmos a luta em defesa do estudante indígenas, não há outra forma de barrarmos às várias tentativas do governo de acabar com a nossa Escola, não há outra maneira de resistirmos, nos fortalecermos e sermos vencedores senão nos unirmos e nos organizarmos.

É quase um ano de luta em defesa da Escola Pankararus Ezequiel. Lutamos contra a perseguição na nossa Escola, contra a expulsão da Professora responsável do seu cargo, contra o abandono da Escola pelo governo com a escassez de verbas que impede a solução de problemas básicos como ventiladores funcionando, bancas boas, e tantos outros problemas que enfrentamos. Foi por isso que surgiu a União da Juventude Pankararu,para lutar em defesa do nosso direito a uma escola, público, gratuito e de qualidade.

Não chegamos à Escola agora, caindo de para-quedas com falsas promessas e discursos vazios como fazem os politiqueiros de plantão, enganadores do povo. Não! Muito mais que falar, nós fazemos. Fazemos a luta do dia-a-dia, na Escola, em sala de aula com VOCÊ, colega estudante, que como nós, deseja uma Escola melhor e sabe que é direito seu ter esse desejo realizado e por isso, está decidido a lutar para conquistá-lo.

E, para nossa luta ficar ainda mais forte, a hora é de, construímos o Grêmio Livre Estudantil das Escolas Pankararu, com um único compromisso: defender os nossos direitos e continuar a luta de resistência do nosso Povo.

É para isso que organizamos a nossa União da Juventude Pankararu. Para que, como Grêmios, possam fazer ainda mais e melhor pela nossa Escola. Sem ter medo da luta, sem ter “rabo preso” com ninguém, sem achar que estudante lutando é baderneiro, vamos cumprir com o nosso papel: levar nossa luta adiante e conquistar o que é nosso. Mas, essa luta só é possível, se VOCÊ nos acompanhar.

Se você não suporta mais ficar todos os dias numa Escola tão sucateada; e gastão-do a sola do sapato não ter todas as aulas porque faltam professores; ter sede e só tomar água boa se traze de casa; fazer educação física no sol porque não há uma quadra na escola; não ter laboratórios e sequer uma biblioteca. Não ter espaço para um intervalo recreativo e muito menos ter atividades que estimulem a cultura com a promoção das bandas, os grupos de dança, teatro, que existem na escola. Se você está cansado dessa realidade e ainda tem que aguentar as propagandas mentirosas do governo com o nosso dinheiro (são mais 200 milhões de reais gasta com propaganda enganosa), dizendo que investe muito nas Escolas de Pernambuco. Então, junte-se a nós! Vamos organizar um Grêmio forte, que defenda nossos direitos e lute por uma Escola realmente de qualidade.

Quem sabe faz a hora não espera acontecer”

Lafaete Pankararu, Lideraça da Juventude e dos Estudantes Pankararu,Presitente da União dos Estudantes Secundaristas de Jatobá – UESJA e Representante da União Brasilera dos Estudantes Secundaristas – UBES



Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here