À sociedade e autoridades brasileiras

 

 

Nós acadêmicos da LICEEI, representados por 14 povos indígenas da Bahia, reunidos na cidade de Paulo Afonso na UNEB Campus VIII, de 22 de janeiro a 22 de fevereiro, cursando a VI etapa do curso, fomos informados pelos parentes Tupinambá da Serra do Padeiro, do município de Buerarema-Ba e pela mídia local e nacional, sobre a invasão do território Tupinambá pelas Forças Armadas do Governo Brasileiro (Policia Federal, Força Nacional e CAERC) com o objetivo de expulsar os parentes de suas terras. O próprio agente do governo, o delegado da PF Dr. Alex, afirmou por meio  da imprensa jornalística, que passou a noite da terça-feira (28) trocando tiros com os índios. Está confirmado que o braço armado do governo quer exterminar o nosso povo. Nesta noite de quarta feira, dia (29) de Janeiro, não foi diferente, os policiais perseguiram os parentes durante toda a noite.

Diante do exposto e de nossa contrariedade perante a ação do Estado, viemos ao mesmo tempo, apresentar nossa repudia contra tais ações e deixar claro que  somos solidários com os nossos parentes, assim sendo,  solicitamos do MPF ( Ministério Publico Federal)  e dos organismos de Direitos Humanos estadual, nacional e internacional, que intercedam junto às autoridades competentes para fazer cessar as ações violentas das forças armadas do estado e evitemos um massacre de grandes proporções contra o povo Tupinambá que só deseja viver em paz em sua terra. Nesse contexto, o nosso objetivo constitucional  é a garantia imediata da paz na região, o que implica na retirada do braço armado do Estado e início do processo de demarcação do território que é a solução definitiva para a pacificação da área. Queremos  deixar claro ainda, que estamos atentos aos desdobramentos da situação e não hesitaremos em denunciar o Estado brasileiro às instancias internacionais de defesa dos Direitos Humanos pelo genocídio do povo Tupinambá.

Paulo Afonso-Ba, 30 de Janeiro de 2014.

 

Observação: a carta assinada por todos os professores e acadêmicos da LICCEI se encontra na secretaria do referido curso no Campus-VIII – Paulo Afonso, da Universidade do Estado da Bahia – UNEB.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here