CARTA ABERTA DA COMUNIDADE TUPINAMBA ALDEIA TUPÃ (DEUS)

 

À opinião Publica

Aos Juízes Holliday e Karine Costa Carlos Rhem da Silva

TRF

Policia Federal, Delegada Denise Dias de Oliveira Cavalcanti

Autoridades do Governo Federal em Brasília

Comissão de Direitos Humanos autora do relatório ESPECIAL Tupinambá 2011

Outros

Aldeia Indígena Tupã, 10 de Maio de 2012.

 

Nós comunidade Tupinambá de Olivença, reunidos aqui na nossa aldeia TUPÃ, diante da ameaça da retirada de nosso povo de nosso território tradicional viemos a público a manifestar nossa indignação e exigimos justiça e igualdade para que a nossa situação seja tratada como foi com os nossos parentes da Aldeia TUCUM e que a Reintegração de posse seja CANCELADA.

Nós queremos viver em paz em nossa aldeia, continuarmos a subsistir dos frutos de nossa Mãe Terra, não queremos em hipótese nenhuma ser jogados para as favelas de Ilhéus e não temos intensão de conflitos com a polícia. Aqui na Tupã, lugar que retomamos a mais de 04 anos, que encontramos totalmente abandonado, com casas destruídas onde tinha como moradores: morcegos, mosquitos, ratos e baratas, onde o mato cobria o teto e onde foi preciso que um mutirão de indígenas limpasse a imundíce por mais de um dia, para nós hoje estarmos aqui vivendo do que plantamos.

Até a presente data só temos informações verbais, nós da TUPÃ não recebemos nem de JUIZ, nem de Órgão do Governo nenhuma notificação Oficial de Reintegração de Posse.

 

Nossas Exigências são as mesmas que a dos nossos parentes da Aldeia TUCUM:

Considerando nossos direitos ancestrais, constitucionais e éticos:

1.      Exigimos que se suspenda imediatamente a liminar de reintegração de posse.

2.      Exigimos que sejam afastados e investigados pelas instâncias judiciais e governamentais apropriadas os Juízes Federais de Ilhéus, Dra. Karine Costa e Dr. Pedro Holliday por suas atuações indevidas conducentes a ditar sentença e ordem de Reintegração contra a comunidade Tucum e contra a nossa comunidade TUPÃ.

 

Temos fé que as autoridades competentes terão mais uma vez coração humano e resolvam assim como foi para com nossos irmãos da TUCUM: “SUSPENSÃO IMEDIATA DO COMANDO SENTENCIAL PROVERIDO NOS AUTOS DA REINTEGRAÇÂO DE POSSE”.

Sendo moradores de nossa terra, estando esta dentro do território DELIMITADO pelo Ministério da JUSTIÇA não cabe REINTEGRAÇÃO de POSSE que venha significar a DESINTEGRAÇÃO DE COMUNIDADE INDIGENA NENHUMA, para beneficiar 01 pessoa que em todos estes 04 anos nunca jamais esteve aqui.

 

COMUNIDADE TUPINAMBA DA ALDEIA TUPÃ

image

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Acompanhei as lideranças da aldeia TUPA para protocolar esta carta na JUSTIÇA FEDERAL de ILHÉUS…. Como a carta não poderia ser assinada, já que as lideranças assinam são depois retalhadas… Já que existe uma CRIMINALIZAÇÃO das lideranças, preferiu a comunidade não expor ninguém… Por esse fato de proteger a vida, a carta NÃO FOI RECEBIDA na Justiça Federal.
    A mesma carta foi sim recebida pelo Ministério Público Federal, pela Policia Federal e pela FUNAI CTL Ilhéus, tudo no dia 10 de Maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here