No dia 12/03/2009 na conferêcia nacional de educação indigena, os professores que lá estavam, encontrou secretario do MEC o senhor Gersi e passarão tudo que estava acontecendo com os educadores, ele ficou abismado com os acontecimentos e falou que iria marca uma reunião para falar com o governador do estado de alagoas para saber dele o que estava acontecendo.
Depois deste debate descobrimos que as pessoas responsáveis pela educação indigena, nunca repassou para o MEC e o governador do estado a nossa situação, nos indios servidores publico do estado só não passamos fome porque alguns tem familiares que ajuda e outros tem que se virar.
o nosso salário é de 383,35$ trezentos e oitenta e três e trinta e cinco centavos mesmo assim passamos dois, três mesês para receber algumas aldeia até passaram cinco mesês.

Kawran Kariri-Xocó

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns parentes, eu também estive na Conferência e pude observar o quanto é desigual no Brasil a situação das comunidades indígenas, muita exclusão, falta de respeito e de ética política.As comunidades do Estado de Alagoas mereçem outro tratamento, pois são formadas por cidadãos como qualquer outro do país.

  2. É lamentavam que diante de tanto avanço no mundo conteporâneo, a educação vem sendo tratada desta forma ainda no Brasil. As concepções de mundo e do que está nele muda constantemante mas, a concepção da educação como tranformação da realidade e da vida não muda para nossos governastes. Provavélmenteporque eles sabem que só através da educação as pessoas poderam cobrer o seus direito, através da educação a pessoa tem ciência de quem é e do que poder fazer como instrumento de renovação de vidas. O poder dominante do nosso país não tem interesse de tratar da educação e dos educadores porque sabem que quanto menos o povo souber mas fácil é para dominar e sabem quesó través da educação poderemos diminuiras desigualdades deste país.

  3. Denunciar ao mundo as atrocidades acontecidas com o nosso povo, é o que nos resta! é uma vergonha o descumprimento das leis no nosso país. O povo indígena de Alagoas merecem respeito, porem temos que reconhecer que os índios estão abandonados a própria sorte e que os setores competentes pouca importância esta dando para o CAOS que a educação indígena se encontra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here