É muito importante nosso auto-conhecimento, sobre seu povo, fatores descritivos étnicos, porque a cultura especifica as atividades de sua comunidade. Vou da um exemplo de caminhar consciente. Caminhar é seguir os princípios indígenas de comunidade, obedecendo suas leis internas, estabelecido pela convivência em grupo. Andar é acompanhar nossos antepassados, obedecer os nossos pais no presente, respeitando nossos líderes, nossos avós, amigos. Lembrar que existe outros povos, as leis do país que devem ser obedecidas. Mas ser consciente é não esquecer de tudo isso. Caminhar consciente pisando na terra, lembrando que ela nos sustenta. Nhenety kariri-Xocó.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here