Vivendo na beira do Rio São Francisco, convivendo com os barranqueiros, os Kariri-Xocó participam de suas tradições religiosas. No final do mês de janeiro, acontece a Procissão de Bom Jesus dos Navegantes, em canoas, lanchas e balsa, levando a imagem do santo, saindo de Propriá em direção a Porto Real do Colégio até São Brás. Há uma grande queima de fogos de artefícios, nos portos das cidades e povoados visitados pela frota de barcos. O cais do porto fica enfeitado com bandeirolas coloridas, com mastro de madeira asteado na beira do rio. Acontecimento muito aguardado pelos beradeiros do rio, os indígenas também participam da procissão de Bom Jesus dos Navegantes, na Lancha Nova Iraci Tononé, do índio Zé Gatinho. A comunidade indígena vai para a margem do rio, ver o santo passar, soltam fogos de artifícios, para também homenagear. Nhenety Kariri-Xocó.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here