O território Potiguara é privilegiado por riquezas naturais. Estamos localizados entre os municípios de Baía da Traição, Marcação e Rio Tinto litoral norte paraibano. Cada aldeia tem suas particularidades, estando algumas a beira mar, outras mais próximas da mata e ainda com rios, lagoas, cachoeiras, manguezais e muito mais.

Aldeia Forte tendo a vista da cidade de Baía da Traição
Aldeia Forte tendo a vista da cidade de Baía da Traição

Mas com todas essas belezas nós sofremos muito com grande quantidade de turistas que muitas vezes tem influencia negativa dentro de nosso povo. O alcoolismo, as drogas e a prostituição que já afetam muito nosso povo, se intensificam na alta estação quando as cidades estão cheias de turistas e os jovens se relacionam com essas pessoas de fora.

Aldeia São Miguel, marcas das pressões sofridas durante a história
Aldeia São Miguel, marcas das pressões sofridas durante a história.

Deixando o negativo de lado, uma das coisas que mais nos orgulham atualmente é perceber que crianças e jovens Potiguara que antes apenas brincavam de pegar onda com um pedaço de madeira, hoje participam e ganham competições tanto a nível local, regional como também nacional e internacional.

O nascer do sol na nossa aldeia!
O nascer do sol na nossa aldeia!

Tentamos passar para nossas crianças a importancia de respeitar, valorizar e principalmente proteger nossa natureza pois a cultura do nosso povo está totalmente relacionada a ela!

A água é muito importante para nosso povo e temos que respeitar isso.

Potiguara significa comedor de camarão e este alimento tão admirado por todos, nós encontramos em mares e rios, por isso temos que cuidar deles e não permitir que eles acabem.

Aldeia Camurupim
Aldeia Camurupim

O que queremos é que todos possam ter a possibilidade de ver e conhecer isso de perto, daí a nossa preocupação e cuidado em preservar para manter toda essa beleza Potiguara linda como sempre.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
Irembé Potiguara Pedagoga e acadêmica do curso de Direito na UFPB, professora de Tupi Antigo... Militante indígena... Nossa voz nunca será silenciada!!!!

3 COMENTÁRIOS

  1. Como é lindo este por do sol na aldeia , viagei na imaginação, de estar lá com toda essa beleza maravilhosa e riqueza de cultura,para desvendar e conhecer.

  2. EM 1973 ESTIVE AI PARA CONHECER MEUS AVÓS PEDRO E Josefa, minhas primas Estela e Estelita, que na altura leccionava ai. SOU UMA DESCENDENTE DE ÍNDIO E ME SINTO MUITO FELIZ.
    CONTINUE A DIVULGAR ESTA HISTORIA LINDA, MESMO ESTANDO DO OUTRO LADO DO Atlântico, visitar esta pagina e maravilhosa .
    A Baia continua maravilhosa, e com este trabalho que estão a fazer pela a natureza e suas cultura.
    FOI UM PRAZER DEIXAR MEU DEPOIMENTO, fELICIDADES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here