O abastecimento de água em Pankararu é realmente precário, pois com a má conservação dos equipamentos, de abastecimento como bomba d’água, central de tratamento de água, encanamentos inadequados entre outros problemas. Até porque o projeto de abastecimento de Pankararu, desde o começo, sempre foi ineficiente e incompetente, e com o passar do tempo se tornou, no caos que se encontra hoje.
E quando as pessoas responsáveis, da Engenharia da FUNASA, são acionadas, dizem sempre que providencias serão tomas, mas até hoje nada foi feito, só promessas em vão. E até parece ironia, que as aldeias, mas próximas do Rio, não possui nenhum tipo de abastecimento, e o sofrimento por água é muito grande. Mas certo que o abastecimento de água, em Pankararu não funciona, mas o mérito do fracasso não é totalmente da FUNASA, tem uma participação de alguns posseiros, das terras Pankararu, que por a encanação passarem nas roças invadidas por eles, aproveita e fazem sangrias e com isso impedem que a água passe para as aldeias.

E com isso priva o povo Pankararu, de um direito básico mundial, que é direito à água, que é um patrimônio da humanidade, mas como sempre, são poucos que compartilham desse direito. Com tudo isso segue um manifesto, de um povo que mesmo sendo ribeirinho, do Rio São Francisco, sofre com a escassez de água, por incompetência e insensibilidade, que não respeitam os direitos de um povo indígena, mas não só por ser um povo indígena, mas por serem seres humanos, que necessitam como outras pessoas, de água para sobreviver.

Norbeto Pankararu
Email: nobertopank@yahoo.com.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. ola vc está certo parente, pois muitas doença estão na águas nosso povo pezar luta pela saude, de cada um.

    ola Norbeto que tupã te de muita saude para fala por todos ,da sua aldeia, luti pelos os seu objetivos.

    Gilmara tupinambá de olivença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here