O que faz pensar que és o dono do mundo, em que acreditas de fato. Achas que és único e imortal, acreditas mesmo que a sua ferramenta de poder chamada pelo nome de dinheiro será capaz de tornar todos seus súditos, ledo engano da alma, não vês que estás cego pela ganância. Quantos séculos precisam mais para acordar, que não foi permitido ao homem o poder de viver para sempre, enquanto isso não acontece continuará explorando, destruindo, matando, roubando, fabricando armas, fomentando guerras, espalhando terror, dominando, produzindo anestésicos alucinantes, promovendo excluídos, consumindo mais que o necessário deixando seus irmãos em falta. Será que sua religião, ou qualquer outro tipo de crença não é bastante suficiente para torná-lo gente.
Tornou típico ouvirmos pessoas criticarem pensamentos reflexivos, perguntam logo sobre soluções, mas não são capazes de perceberem que às soluções não devem ser apresentadas e sim criadas em cada consciência, basta esse esperar que alguém possa mudar o mundo, mude a si mesmo, procura rever seus conceitos, saia da sua zona de conforto, seja capaz de mostrar sua cara para enxergar que não é o único. Veja a desolação da África, a destruição do Oriente Médio, a fome do Nordeste Brasileiro, às favelas dos grandes centros, as ruas cheias de menores e adultos abandonados, pessoas nos lixões procurando algo para comer, pais matando filhos e filhos matando pais, o ar que você polui, a floresta que você devasta, os rios e lagos que secam, o genocídio e etnocídio que você promove contra os Povos Indígenas há séculos, o preconceito e a descriminação radicada em você, a quantidade de lixo que produz a exploração sexual e de todo o corpo, as diversas formas de domínios criadas por você, sim, posso perceber que nada disso é capaz de despertá-lo, sei o quanto deve ser difícil para os filhos de um capitalismo selvagem poder enxergar o mundo diante dos vossos olhos, são preparados desde a tenra idade para olharem para si mesmos, o egoísmo, ganância, inveja, e hipocrisia são os sentimentos de ordem, que substituíram o amor, a solidariedade, o respeito, a união, trocaram a convivência em comunidade para sociedade a fim de não partilhar com todos, apenas com um grupo seleto.
Suas mentes estão poluídas pelo escárnio, não sabem fazer outra coisa além de menosprezar aqueles que ainda lutam e acreditam em um mundo melhor para todos, se cada um fizer sua parte colaborando na mudança dos seus próprios conceitos nós Povos indígena haveremos de ter paz, e sermos reconhecidos como os primeiros povos desse território, e, portanto os verdadeiros donos, sem haver necessidade de tantos impedimentos para garantir o nosso Direito a Terra, porque é nela que nascemos, e nela garantimos nosso direito à Vida. Nós somos Nações, e não Estado, nossa forma de governo não precisa de chefes autoritários, nosso olhar é horizontal e não vertical como o vosso olhar. Não sabem dizer nosso, e sim meu, não dizem nós, e sim eu, mas, quando falam da Amazônia, sabem dizer que é “nossa”, em qual sentido poderia ser, será que isso deixa bem claro que somente, vocês podem continuar explorando-a.
Assim como, inventam máquinas e cuidam delas porque promovem lucros, inventaram o computador e o antivírus para protegê-lo, deveriam criar um antivírus humano, para rodar na mente de vocês a fim de capturar todos os vírus que foi implantando em vossas memórias desde vossa infância. Quem sabe depois disso poderiam se tornar mais humanitário.
Aproveitando a data do dia 9 de agosto, onde se comemorou o Dia Internacional dos Povos Indígenas estabelecido pela ONU pedimos que parem de nos matar, de nos perseguir, de atear fogo em nossas casas e, em nós, parem de discriminar, de nos molestar, de desconhecer nossos direitos, se não desejam viver com razão, nós sempre lutamos por isso.
Chega de uma vez por todas, exigimos que nos deixem viver com dignidade, seguindo nossas tradições culturais, tomem como exemplo alguns de vocês que nunca sucumbiram!

Yakuy Tupinambá (Irmã do Mundo)
yakuy@indiosonline.org.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. É um sistema que não sabe respeitar as diferenças.
    Onde ”máscaras” escondem a essência do homem.
    Forte suas palavras parente Yakuy…
    O amor é a força que da luz e desperta almas narcotizadas !

    Muita paz, muita luz !!
    Resistência sempre!

    Somos o que somos… parte de um todo muito maior!

  2. Gostei muito de sua materia parente ,é isso mesmo eles tem que nos respeitar
    Nos tratar bem, por que na final nós somos os primeiros abitante do brasil
    se eles não conseguem muda que fique como esta,não nos afetando nós povos indigina
    É o mais inportante,queria muito que eles(brancos) mudace pra nós ter um mundo melhor.

  3. Olá! nós somos da escola Colégio de Oliveira e estamos aprendendo sobre índios. Somos crianças de 9 anos e queremos saber sobre sua cultura, suas festas, suas comidas e como vivem. esperamos sua resposta… Venham nos visitar. O endereço é: rua Nogueira, numero 20, condomínio Rocha Costa. Oliveira-MG

  4. Ola povo Karin Xocó, nós somos crianças de nove anos e estudamos no Colegio de Oliveira. Queremos saber como é á sua cultura. Por favor nos mande notícias. obrigado.

  5. data 12/08/2008 Oliveira-MG
    Olá nós somos crianças de 9e10 anos,estudamos em uma escola chamada Colégio de Oliveira.
    com nossa mera curiosidade,por favor vocês poderiam responder:
    .como´é sua cultura?
    .quais são seus costumes?
    .quais são seus tipos de festas?
    OBRIGADO!!!!!
    assinado pedro thomás e victor

  6. Ola povo Karin Xocó, nós somos crianças de nove anos e estudamos no Colegio de Oliveira. Queremos saber como é á sua cultura. Por favor nos mande notícias. obrigado.

  7. Crianças, obrigada pela visita ao nosso site! Convidamos vocês a entrarem em nosso chat, com a orientação dos seus professores, poderão formular um questionário com perguntas relacionadas a nossa cultura e tradição, teremos um enorme prazer em trocar informações com vocês. Agendem o dia e a hora da presença de vocês, com antecedência, porque nós também, estudamos, e nem sempre estamos disponíveis todos os horários.

  8. Não sou india de sangue,mas meus pais trabalham como missionário ha + de 8 anos com os indio Karajá Xambioá e Gaviões ParkatêjÊ.Adorei o que vc declarou nesse artigo e com certeza tem toda razão!
    um braço
    Danielle Dias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here