luta A fúria que ocupa as mentes dos brasileiros ensandecidos clamando pelo fim do que sobrou da liberdade pedindo intervenção militar e exalando ódio pelas quatro direções do vento me faz lembrar esta célebre frase: “Tenho visto demasiado ódio para querer odiar” (Martin Luther King).

É interessante observarmos como a mente do ser humano é manipulada pelos sentidos da visão e audição para chegar aos fins desejados de um grupo que historicamente vem orquestrando o domínio das massas para alcançar ou manter o chamado “status quo” do Poder Sistematizado – CAPITAL, que assola nossas vidas até que sejamos reduzidos ao pó. O esquema articulado estrategicamente pelo empresariado das Indústrias (mineradoras, madeireiras, armamentistas, manufaturas, alimentícia, química e farmacêutica, naval, etc.,…) também o Agronegócio, Pecuária, Imobiliárias, etc., acomunados com a Imprensa atrelada ao poder hegemônico, a religião que foi transformada em instrumento de domínio e manipulação da fé e, um judiciário, executivo e legislativo covis de ovos de serpentes – criados para determinar o suplicio daqueles que transgridam seus dogmas e regras – dominam com uma sutileza quase incapaz de ser percebida aos olhos e ouvidos mais atentos.

Historicamente esta nação brasileira foi uma invencionice da “carochinha”, um território que foi invadido e instalado uma guerra que tem uma duração aproximando-se aos 516 anos, onde o povo nativo foi subjugado e algumas nações exterminadas inclusive durante os anos da ditadura militar, e nestes V séculos tivemos todos os nossos direitos humanos violados e, ainda hoje, assistimos uma sociedade aqui formada racista, preconceituosa e xenofóbica sustentando uma supremacia para salvaguardar interesses materiais dos invasores ou descendentes deles, que nos submetem a viver em campos de concentração de guerra e tem como plano estratégico o extermínio absoluto de identidades étnicas a fim de se somar a condição de “cidadãos brasileiros”, como solução de uma ordem mirabolante e maquiavélica de dominação para satisfação de bens materiais apropriando-se das riquezas naturais da Mãe Terra.

Essa ordem astutamente inteligente implanta a corrupção e a contradiz, através das diversas ideologias inclusive a da chamada contraventora, quando as mantém através dos conchavos ou alianças beneficiando-se, mas, quando alguém ou grupo se sente traído cuidam de exterminar, como, por exemplo: chacinas, alguém duvida disso? Enganando todos aqueles que são privados de conhecimento das práticas engenhosamente formadas nos bastidores do PODER para sustenta-lo, inclusive formulam como usar sua boa fé permitindo as diversas manipulações, a religiosa é uma delas e, impõem uma ideia de ORDEM E PROGRESSO, ASSIM COMO, O LAICO.

Ser de DIREITA OU ESQUERDA, PARTIDÁRIO ou NÃO PARTIDÁRIO, RELIGIOSO ou NÃO, INDÍGENA, NEGRO ou BRANCO, seja qual for sua ideologia ou crença o momento requer uma leitura de nossos conceitos para uma nova concepção de vida, ou escolher continuar ser manipulado e aguardar o fim do SER HUMANO na TERRA, afinal a corrupção é item da cultura brasileira e clamar nas ruas o fim dela sendo você um corruptor ou um corruptível, demonstra cruelmente  como cooptado foi e a anestesia está impregnada até no espirito, portanto continuar em regime ditatorial não fará diferença muito menos quantas vidas serão ceifadas por conta da falta de percepção e senso critico de perceber a armação orquestrada .

A verdade está explicita não ver quem não quer enxergá-la estamos sem liderança que nos guiem com os olhos e principalmente, com o coração, que tenha uma conduta de união e respeito e a compreensão que o movimento humano acontece horizontalmente e que praticas de subtrair ou do perde e ganha sustenta a horda que estamos vivendo mas, precisamos ressaltar que os fins não justificam os meios e se submeter a desordem da mudança onde somente serão implicados os que estão a  margem de uma elite cruel, exploradora, dominadora é definitivamente atestar como se está totalmente teleguiado.

inocencia

 

 

 

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here