Foto/ MagnoAconteceu no dia 24 de abril de 2014, na sede da Associação Hã Hã Hã Indígena de ÁguaVermelha (AHIAV), localizada na aldeia Água Vermelha , no município de Pau Brasil, o I -Seminário de Desenvolvimento Rural Sustentável Indígena. Esse encontro foi realizado através da parceria entre A Associação Hãhãhãe Indígena de Água Vermelha e a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do Município de Pau Brasil, representado na pessoa do senhor J. Reis. O encontro foi muito importante, onde estiveram presentes os convidados: Carolina R. Santana (Coordenadora Executiva Regional Substituta do Sul da Bahia-FUNAI), José Nilton Santos do Carmo (Gerente Banco do Brasil, em Pau Brasil), Solon Andrade (CEPLAC), Magno(COOPERCONSUBA), Cacique Josivaldo, José Roberto (Presidente do Instituto Paubrasilense de Meio Ambiente),  Nilvia da Hora (Coordenadora da Bahia Pesca), Vilma Vieira (Vice -Prefeita de Pau Brasil),  Edilson Rodrigues (Secretário de Administração), Kleber Prado e Noel.

 
O encontro iniciou com o ritual do Toré, oração acompanhada de bebida tradicional Cauim, em seguida o Presidente da AHIAV , Fabio Titiá e J. Reis secretario de Agricultura e Meio Ambiente fizeram a abertura, em que ambos explicaram para a plenária o objetivo desse encontro. O perfil desse encontro é formar parceria com instituições publicas para que possamos melhorar a qualidade de vida da comunidade indígena que reside no entorno da região de Água Vermelha.

A associação AHIAV falou dos projetos, os quais são desenvolvidos e construídos em reunião com seus associados. Queremos desenvolver psicultura, acesso à financiamento para os cultivos da agricultura familiar, fazer parcerias com instituições a fim de que sejamos incluídos nos programas sociais, tipo PRONAF, PNHR -Programa Nacional de Habitação Rural como também trazer cursos de capacitação e formação para os jovens indígenas. Pretendemos, também, recuperar as roças de cacau e desenvolver outros programas de desenvolvimento rural e sustentável atrelado à produção agrícola do Município.


Vale ressaltar a importância de se desenvolver parcerias na assistência técnica e difundir a tecnologia apropriada às atividades agrícola, agropecuária e ambiental.

  • Os representante dos órgãos presentes, apresentaram as suas contribuições para que a comunidade indígena possam ter acesso aos programas sociais e orientações técnicas, citamos abaixo tópicos dos assuntos abordados na reunião, como a implantação da política municipal de meio ambiente em nossa região, concomitante com as políticas nacionais e estaduais; estabelecer diretrizes e políticas de preservação e proteção da fauna e da flora;
  • Os programas da Bahia Pesca e as formas corretas de criar peixes em tanques, como também a elaboração dos projetos e do acompanhamento de técnicos. A aldeia de Água Vermelha, aparentemente, é um região boa para desenvolver a psicultura, pois é bem climatizada, mas é preciso fazer um analise com mais informações detalhadas, afirmação feita pela senhora Nilvia, coordenadora técnica da Bahia Pesca.
  • Os novos clones do cacau, do trabalho que está sendo realizado em Valença , onde há mil pés de cacau por hectare. Há uma produção de 100 arrobas por hectares, o mesmo trabalho já esta sendo realizando em Pau Brasil pela Secretaria de Agricultura com o Agrônomo KRISHNA KUMAR. A AHIAV está com uma área demonstrativa. Além do cacau e pecuária existem outras culturas que podem ser executadas aqui na aldeia, como exemplo o plantio de banana da terra e a mandiocultura que podem ser uma alternativa de geração de renda.
  • O Gerente do Banco do Brasil falou das linhas de credito que o Banco tem para oferecer aos agricultores e que é um prazer estar trabalhando em parceria para o desenvolvimento da agricultura local, citando o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura familiar (Pronaf).
  • A FUNAI, dentro das suas limitações vai estar trabalhando em parceria com os demais órgãos e vai estar ajudando a Associação em seu projetos, pois todos estão de parabéns por essa iniciativa.
  • A Vice Prefeita do Município,Vilma Vieira, falou do empenho da Secretaria de Agricultura e mostrou a importância de alavancar a agricultura do município.

O encontro foi bom, nele os membros da comunidade teve acesso a essa autoridades dentro da aldeia, evento desse porte inédito em nossa aldeia, precisa acontecer frequentemente, para que as associações consigam ajudar a sua comunidade, em diversos aspecto, seja cultural, econômico, esporte, empreendimento, lazer, estudos… AHIAV e a SEMAGRI agradecem a todos os colaboradores e participantes para esse brilhante evento. 

 

Venho por meio desse, agradecer à comissão que esteve à frente da organização do evento seja, na cozinha, na infraestrutura, logística, nas pessoas de Maura Titiá, Gilmara Santos Ferreira, Wilman Rocha, Nelma Pimenta (Secretária da AHIAV), Índio, Marcelo Titiá, Aporinã Titiá, Jovanildo Vieira (MIBA), Kléber Prado, Noel, Kauã e Luan, Tamanir, Haniel e Yaporã, Fabrício, Rosineide Pataxó, Fábio Vieira (Presidente da AHIAV), J. Reis (Sec. De Agricultura e Meio Ambiente), César Proproto-A, Edilene Santos Guimarães e David Vieira dos Santos.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
A muito tempo lutando em prol do Povo indígena do qual faço parte, até ameaças de morte já recebi. Mas não me calo! pois os espíritos de meus antepassados está comigo. E a proteção de Tupã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here