AGENTE DE SANEAMENTO

0 55


A etnia Pankararu vem sofrendo com a falta d’água nos últimos anos, mesmo com a encanação feita do Rio São Francisco para o abastecimento das comunidades a água não chega até o seu destino. Procurei o responsável José Clodoaldo de Souza Monteiro, 28 anos, com a função de AISAN (Agente Indígena de Saneamento Básico e Ambiental) que esclareceu os verdadeiros problemas, os motivos pelos quais a água não chega até as comunidades.
A água não chega até as aldeia por falta de manutenção das bombas que ficam no Rio São Francisco e também por causa da tubulação que os posseiros quebram por passar em suas roças. À distribuição da água nas aldeias é feita da espifitação do Rio São Francisco até o povoado Bem Querer, onde está localizado á caixa de distribuição d’água para os povoados: Saco dos Barros, Brejo dos Padres, Serrinha e Logradouro.
O AISAN Claudemar, que é o responsável pelo abastecimento de água na aldeia Bem-querer, e tem a função, de ligar as bombas que leva as águas até às aldeias Saco e Brejo, onde os AISAN, Giliarde e Clodoaldo estão fazendo este trabalho. Giliarde por sua vez faz a distribuição em sua aldeia Saco dos Barros, e na igrejinha onde começa o setor de trabalho do AISAN Clodoaldo, na aldeia Brejo dos Padres localiza-se duas, casas de bombas, uma caixa de distribuição, em frente à igreja de Santo Antonio, que leva a outra caixa próxima ao posto indigna a mesma desce por gravidade a caixa próxima à casa do AISAN Clodoaldo que liga mais uma bomba para os povoados Serrinha e Logrador. As dificuldades dos AISAN são: a falta de transporte, o custo de compras de materiais, (canos, serra, cola, luvas e etc), na opinião do AISAN é a construção de mais caixas, reforma e tubulação com canos de ferro, facilitaria o seu trabalho. A sua função perante a comunidade é de orientação e prevenção com a água, o meio ambiente e participações em reuniões para melhoria da minha comunidade. Os responsáveis pelo abastecimento da água são: A FUNASA, (A Engenharia e os AISAN). Com o funcionamento, que atenda todas as localidades da aldeia Pankararu, com qualidades de aguas bem tratadas instalaçoes de rede de esgoto e destino de dejetos.

VAGNO BARROS DE SOUZA

SEM COMENTÁRIOS

Partilhe um comentário