Dia 06 de dezembro do ano de 2008, posseiros e sindicatos de Petrolândia, Jatobá e Tacaratu Pernambuco, Reúnem –se no salão paroquial da igreja nossa senhora Aparecida no município de Jatobá…
Contou ainda, com a presença do Bispo da diocese de Floresta Dom Adriano, mais representante da FETAPE e do INCRA, procurador agrário de Pernambuco, para discurti assentamento e já está a disposição dos posseiros que queiram sair de forma pacifica das terras pankararu, as terras pankararu tem dono, nós indígenas de Pankararu .

No Atual encontro formos desqualificados, ou seja desrespeitados, chegando até a nos chamar de índios falsários ou seja não somos índios, fomos também criticados.Por não estamos presente, por todos os convidados da mesa de abertura dos trabalhos, só foi esclarecido o motivo da falta do povo pankararu, após eu solicitar a palavra ao explanar o motivo da falta do povo pankararu , alguns se exaltaram mas pedi que respeitassem a palavra que estava concedida a mim , lembrei-os da História do Brasil , e do fato de nós termos sido aproximadamente uma população de 5 milhões de indígenas e hoje resta apenas 360 mil, espalhados em terras reduzidas e tendo que sobreviver da caça , da pesca e do plantio, com nossas terras envenenadas , nossos rios poluídos e nossas aves e caças em extinção , não vamos ser exterminados sem lutar e provar que ainda existe guerreiros dispostos a defender a terra , o ar e a água e principalmente a natureza ou seja o planeta, pois acreditamos que outro mundo é possível, mas humano, mas justo, mas solidário ! E a luta continua!

Lafaete Pankararu
lafaete2008@yahoo.com.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Essa materia faz a gente refletir do que ainda acontece em nossa volta, pois ainda hoje somos descriminados por pessoas que não sabem o que é humanidade.
    Temos que lutar mesmo para ter uma vida digna.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here