Em 1994, foi fundado na cidade de São Paulo, no Bairro Real Parque, a “Associação Indígena SOS Comunidade Indígena Pankararu.” È uma associação indígena respeitada por todos, e teve e tem, o apoio de entidades importantes, os quais foram e são verdadeiros colaboradores nessa construção:o Ministério Público, a FUNASA, Ministério Público Federal, os índios Guarani e todas as etnias dos indígenas locais.
A associação indígena é registrada legalmente, e tem um representante importante que é um Presidente Indígena, que se chama Manoel Alexandre Sobrinho, mais conhecido como Bino Pankararu, ele é um dos fundadores da associação,e a 4 anos, escolhido como presidente.
Esses índios Pankararu, vivem fora da aldeia por questão de sobrevivência, o Real Parque , o bairro onde moram, é habitado por 513 indígenas de Pankararu, fora os que moram em outros lugares da cidade.
Seus rituais jamais foram esquecidos, se apresentam em escolas, em faculdades, no projeto Casulo, que é uma escola dentro do Real Parque.
A Associação Indígena, é um local onde todos os índios de Pankararu se encontram e relembram seus rituais em grande festa cultural.È um local aberto para os índios dançarem suas danças, permitido , os não índios, ver os rituais, não permitindo tirar fotos para comercialização.
È um local onde todos trabalham em conjunto e com um único objetivo, a melhoria, o respeito e o reconhecimento aos povos indígenas de Pankararu.

“Só estou pelo mundo, por questão de sobrevivência, mas quero em breve, voltar para minha aldeia de origem, onde nasci e me criei, junto aos meus irmãos Pankararu e toda a nação indígena.”

Presidente da Associação
Manoel Alexandre Sobrinho
Bino Pankararu

Marcela_pereira10@yahoo.com.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. oi amiga eu gostei muito da sua materia por que é bom saber que as nossa nação tem uma identidade importante por que é fora que temos também nosso parente principalmente no bairro parque.

  2. Através do site tomamos conhecimento do trabalho realizado por esta Organização e muito nos honraria o contado que certamente muito contribuiria com nossos propósitos.
    Solicitamos então este contato o mais rápido possível para que possamos convidá-los oficialmente para participação no II Ato Ecumênico do Comitê Institucional Quesito Cor da Fundação CASA. Este Comitê trabalha com as questões da Diversidade, no eixo etnico racial e neste evento serão celebradas todas as manifestações regiliosas que se alinham com nossa missão e objetivos, quais sejam: harmonia e paz para os povos formadores do povo brasileiro.
    Neste dia (11.12.2008) das 9:00hs ao 12:00hs estaremos recebendo as mensagens proferidas pelos seguintes participantes: Pai de Santo, Padre Católico, Pastor Evangélico, Abadessa(Budista)e um representante dos Povos Indigenas. Seria muito importante a participação de um representante dos povos indigenas proferindo sua mensagem. Aguardamos seu retorno para que possamos enviar o Convite Oficial e nos organizarmos para a realização desta celebração. Contando com sua atenção, envio os telefones para contato: 2846 9000 Ramais 9287(Penha Lúcia) e 9230 (Francisca Silva) – Comitê.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here