Nós somos do sul da Bahia lutamos há anos pelo direitos e ao nosso território e à vida. Nós trinas anos seguintes, nós índios foram vitimas expulsões, coações, maus tratos, pessoal psicologia, prisões, determina da perda da nossa língua nativa e muitos das nossas característica físico-culturais, além é claro da perda da maioria do nosso território, invadido por vários fazendeiros que passaram a explorar a terra para o cultivo do cacau e como posto para gado. Nós pataxo que formos expulso das nossas terras passada a viver nos municípios vizinhos ao posto e até em outros estados. Sempre nos articulamos, através de visitas, cartas, viagens com a finalidade de um dia retornamos a nossa terra.
Em 82 com a retomada das fazenda São Lucas que é a aldeia Caramuru, a partir de então a luta pelo reconquista do nosso território se tornou mais articulada decisiva desafiando os poderes políticos e econômicos local e regional que por seu turno recrudesceram as nossas ações.
Nós pataxo por seis vezes retomamos parte do nosso território originário sendo expulso aparato militar estabeleceram o cultivo de hortaliças que passaram a comercializar nas cidade próxima a aldeia São Lucas quanto a comunidade indígena na ficava sobre o poder dos políticos, municipais. Portanto o saldo atual, é despeito de tudo positivo, posto que á presença indígena na região sul da Bahia e hoje devi dualmente reconhecida.
Dona Jarda Índia pataxo Hãhãhãe.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here