Nesta luta muitos índios morreram por defender a sua terra, inclusive o
índio Galdino Jesus dos Santos, este fato nunca apagou da nossa memória. O
que nós estamos fazendo é lutando pólo nosso direito, nosso objetivo é
sustentar a vida da nossa nação. A nossa face demonstra que somos uma
nação sofredora, nunca tiramos vida de ninguém, sempre que os fazendeiros
fazem algo de errado somos nós é que ganhamos á culpa.

Se nós revoltassem com os fatos que tem acontecido contra o nosso povo,
nós poderia constituir um conflito maior; mas infelizmente estamos
respeitando a justiça, a nossa luta é a terra.Queremos dizer para o povo
brasileiro que nos compreenda, por que não somos culpados do que está
acontecendo, os culpados disso tudo, são as autoridades competentes são eles que estão causando conflito com nossa nação; hoje se acontecer qualquer ameaça de fazendeiro com nosso povo culpamos a justiça, pois a mesma nesse sentido sempre é lenta, se a justiça tomassem uma providencia ante, não estaremos colocando a vida da nossa nação em risco, e de pequenos trabalhadores.

No ano de 1982, morreram 16 lideranças, desse ano para cá estamos
recebendo só ameaça de fazendeiros. Sabemos que a nossa terra foi
demarcada em 1926, mas, está sendo ocupadas por fazendeiros que até hoje nos persegue, com apoio do juiz (Doutor Pedro Rolidey) da cidade de
Ilhéus.

Esta terra de 54.100 hectares de terra tem história de muitos anos, os
nossos pais morreram, mas deixou a sua historia registrada com nosso povo,
da mesma forma que os fazendeiros assinaram os nossos pais, hoje estão
querendo matar os netos, e filhos. Enquanto os fazendeiros estão possuindo
aramas, a Polícia Federal nunca tomaram nem uma posição, mas ambos nos
julgam que estamos possuindo armas.

O coordenador da Polícia Federal (Santo) fala que está tendo dificuldade
porque esta passando por falta de Polícia federa, secretaria da Polícia
Federal comunica que não vem até a região porque: não está tendo
condições, e está com receio com que pode acontecer qualquer conflito
entre eles, a Polícia Federal foi ao local dos fazendeiros, eles dizia que
o nosso carro estava parado preto da sua fazenda e estava com receio, mas
a verdade quando saímos da aldeia Caramuru-Paraguacu, a destino a região
da alegria, o nosso carro entrou no esquema armado furando 5 pene us,
preto da fazenda dos fazendeiros.
A Polícia Federal diz que os pistoleiros estão possuindo armas, o fato dos
pistoleiros atingir para matarem os índio, os fazendeiros nos julgam
dizendo que somos nós que está fazendo o mesmo; O Deputado Luis Alberto
veio até a nossa região, fez um documento pedindo pessoalmente para o
ministro da justiça, junto o seu secretário veio até a região observou
todo o nosso sofrimento, pedindo também mais rápido prosivel reforço de
Polícia Federal, porque a área está ocorrendo muito conflito, com a
Polícia Federal na área os pistoleiros jamais ousaria de vim na nossa
área.

No entanto a Polícia Federal fazem segurança entre o índio e fazendeiro
para que não haja conflito entre ambos.Sempre pedimos para o nosso povo
ficarem ciente, para que não morra alguns do nosso povo, caso um dos nosso
parente for assinados o conflito será maior.
O fazendeiro Jaime doAmor, e o Deputado Federa(Paulo Magalhães),tem 14 mil
hecetares de terra na nossa área. O nosso povo está com 5 anos ocupando a
fazenda da bananeira, mas agora vai ser retirado porque o juiz de ilhéus
está dando eliminar os fazendeiros para retirar os índios, outro fato que
nos tristeza muito,foi o Fazendeiro Tomas que trocem 60 pistoleiro para
nos matar, na terra estava presente crianças, idosos, que eles acabavam
atirado e escorraçando, pois nem uma providencia foi tomada, caso se
continuar dessa forma nossa comunidade preferimos morrer.

A terra que estamos ocupando do fazendeiro (Paulo Pacheco) que negociou
com a Funai, nós damos um prazo de 180 dias, para a Funai fazer todo o
levantamento dos seus bens. Mas depois de 22 dias tivemos uma noticia que
o fazendeiro Jaime do Amor pediu para Paulo não negociar com a Funai, que
ele iria comprar a fazenda, esses foi um dos motivos para nós fazer a
retomada, para que Jaime do Amor não comprasse a fazenda.
Sabemos que o Deputado Federal (Paulo Magalhães) é proibido comprar terra
em nossa área, pois o mesmo é um parlamento Inivel Nacional.
É lamentável que todos os fazendeiros que quer negociar com a Funai, mas
Jaime do Amor e Paulo Magalhães compra a terra na força do dinheiro, e da
política da Bahia, vai lá e compra.
Já morreram muitos índios, como o índio Galdino Jesus dos Santos, já diz
para a justiça se for para morrer, vamos honrar a nossa cultura com
sangue, mas não queremos isso, pois a justiça brasileira é devagar mas,
pode resolver.Há 500 anos a justiça deixa o nosso direito escorre pelo
ralo, por isso nós iremos tomar uma decisão, fazendo mais retomada caso a
justiça não julgar a nossa terra.
Se os fazendeiros matar mais lideranças, vão nascer mais forte para lutar,
em defesa da nossa nação.

Este texto partiu de Yonana Pataxó a partir de conversa com o cacique
Akanawuam e lideranças indígena.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. isso éh uma droga sinceramente viuh!!
    éh cada uma!!
    isso como pesquisa de escola serve pra nd!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here