Com o decorrer dos tempos vemos as novas gerações de jovens indígenas se distanciarem de seus propósitos como um todo, parecem ate esquecerem de suas raízes, de seus verdadeiros valores em suas aldeias. O jovem é peça chave dentro de sua comunidade, desde que ele tenha o conhecimento da sua importância para com o seu povo, é ele o responsável de transmitir, todo o conhecimento para as demais gerações futuras de jovens.
Temos exemplos da força jovem quase em todas as aldeias, de todo Brasil, tem Caciques jovens, pagés, advogados, doutores e jovens que vêem se destacando em diversas áreas tanto de conhecimento indígenas como profissionais que é seu lugar de direito, os jovens vêem se destacando aos poucos, fazendo valer seus direitos, tendo vez e voz dentro de suas comunidades tomando a frente dos assuntos que dizem respeito ao futuro de seu povo buscando o melhor, como verdadeiros líderes.
“Eu mesmo me sinto um líder em minha aldeia apesar de não ser mais jovem, mais sou jovem de espírito, e por isso sinto-me no direito de lutar pelo meu povo e buscar melhorias, algo que venha trazer beneficio para minha aldeia com o apoio do meu povo” meu nome é Noberto Manoel da Silva, tenho 31 anos, casado, sou um guerreiro Pankararu, sou importante na minha aldeia para meu povo, sou a continuação da história do povo Pankararu.

Noberto (Cõanpank)
coan@indiosonline.org.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É parente essa é uma verdade.
    Temos a obrigação d trabalhar em benefício do nosso povo.
    E ñ há maneira melhor de trabalhar do que unidos e organizados.
    Vamos continuar a luta q as lideranças dos nossos povos iniciaram,
    e sempre buscar aprender o maximo com eles.
    Abraço para todos!!!!!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here