Curava os leprosos, dava visão aos cegos, fazia os aleijados andarem, restauravam a vida dos mortos. Por isso, Nossa Senhora da saúde traz nos seus braços, seu filho Jesus, o médico dos médicos. Em virtude disso, os povos invocam Maria, como Senhora da saúde. Na América Latina, quem primeiro passou a invocar a Maria, com o título de Nossa senhora da saúde, foram os índios Patzcuaro, no México, que esculpiram em 1538, sua primeira imagem. Em Portugal, dessa devoção teve início em 1569, quando apareceu em Lisboa, uma grande peste que chegou a matar 600 pessoas num dia. O povo, ao ver que os auxílios humanos falavam, recorreu a Nossa Senhora, que os atendeu. Não se sabe ao certo quando teve início a devoção na cidade de Tacaratu. Apenas que, provavelmente, a imagem tenha sido trazida pelos Missionários Oratorianos, que vieram para catequizar os índios Pankararu. Segundo documentos, a primeira Capela já existia no aldeamento indígena, em 1752, com invocação de Nossa Senhora da Saúde. Em 1760, com a povoação de Tacaratu já estava bastante desenvolvida. O povo então, dirigiu uma petição ao Bispo D. Francisco Xavier Aranha, para que Tacaratu fosse elevada á categoria de freguesia ou paróquia. Sendo atendidos, a povoação foi elevada aquela categoria no ano Seguinte, com o nome de Freguesia de Nossa Senhora da Saúde de Tacaratu. Sua instalação só aconteceu em 1764, devido ás remodelações por que passou a Capela para servir de Matriz. Em 1876, a velha matriz já estava pequena demais para o número de devotos, além de estar em situação precária. Foi então construído um novo templo para Nossa Senhora da Saúde. Mas essa nova igreja em pouco tempo ficou pequena demais, e em 1930 foi demolida e no seu lugar construíram o atual Santuário, levantado em multidão pelos devotos de Nossa Senhora da Saúde, sob a orientação do Mestre Josa Padilha. De 1916 a1919, houve uma grande epidemia de gripe espanhola pelo interior de Pernambuco e Alagoas, e foram inúmeras as pessoas que morreram de doença, Os Alagoanos, então, lembraram de chamar por sua Mãe. Vieram buscar a imagem, a cavalo, e a levaram a todos os lugares onde a gripe estivesse assolando a população. O grande milagre começou a acontecer durante a viagem: conta-se quando a imagem chegou á Serra de Água Branca ninguém mais morreu. Quando a imagem chegou á cidade a doença se acabou. Dessa época, até hoje, os devotos alagoanos vêm todos os anos, no mês de dezembro, para buscar a imagem e levá-la a todos os recantos de Água Branca, aonde ela vai, em peregrinação. O retorno da imagem ocorre no dia 23 de Janeiro, e com a chegada dos devotos alagoanos, se dá início a grande festa de Nossa Senhora da Saúde, terminando no dia 02 de Fevereiro.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

38 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo fial histórico de N.S da Saúde. Eu pouco sabia dessa linda devoção e experiencia de fé. Tenho uma vixinha com o nome de Saúde. è natural de Tacaratu.
    Melquides Pereira (irmão de Pe. Heleno).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here