As vezes me pego pensando

As vezes me pego pensando sobre quanta diversidade de povos existe no mundo, principalmente nos povos indígenas que resistem, que lutam, buscando agir junto com o Grande Espírito que nos orienta nessa longa caminhada. Ser índio é tudo isso e muito mais, é conseguir relacionar-se com a diversidade sem perder a essência, os costumes, a crença.

Nossos espíritos vivem cheios de amor e esperança. Somos frutos da Natureza e nela vivemos buscando aprender a amar e respeitar. As diferenças de costumes não são defeitos. Esta compreensão e integração é importante para o mundo.

Quem é filho da terra com a terra viverá.

Lymbo Peregipe (índio Kariri-Xocó)

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here