A política do Governo Imperial e da República, regularizando a situação de invasores do território indígena através da venda de lotes, porque suas áreas foram transformadas em terras públicas. Ordena que sejam demarcadas as terras devolutas com vista a formação de propriedades para exploração agrícola. A população indígena de Alagoas perde os direitos de donos do território. O processo de expropriação reduziu a população indígena á condição de vender sua força de trabalho aos proprietários da região. A exploração levou ao longo dos anos, a população indígena a se fixar numa rua da periferia da cidade de Porto Real do Colégio. Levando o peso da discriminação este espaço urbano ficou conhecido como “Rua dos Caboclos”, pela população da cidade. Anos depois o prefeito local deu nome de “Rua São Vicente”, nos registros oficiais. Após o reconhecimento da população indígena pelo S.P.I. a rua passou a ser chamada ” Rua dos Índios ” .Nhenety Kariri-Xocó.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here