Esse texto, vai lhe transmitir a importância de fazer remédios com ervas naturais; Nós Pataxó HÃhÃhÃe, temos total respeito à esse presente que a mãe natureza nos fornece, presente este que nos cura. Na nossa comunidade a prática de fazer remédios naturais ainda é forte pelos anciões, herança dos nossos antepassados. Na entrevista abaixo as anciões Maura Titiah e Judite Pataxó, que fazem remédios naturais, falam sobre a importância de preservar essa prática.
” Na nossa época não existia remédio de farmácia, então fomos criados e criamos nossa geração com remédios naturais. Nossos pais e avós preparavam os remédios com todo carinho e fé, e éramos curados. Com as ervas medicinais podemos fazer: Xarope, chá e banhos; que usamos para curar: dores, feridas e inflamações diversas.
Hoje, ficamos tristes de ver pessoas que só querem saber de remédios de farmácia, que é um produto químico e sara imediatamente mas causa problemas futuros, ao invés de consumir o natural que o processo é lento mas que não causa nenhum dano à saúde.
Não é difícil de fazer o remédio, só é procurar a erva que serve para o seu tipo de problema, ver de qual modo usar: chá, Xarope ou banho, e também o modo de preparo, e tomar de acordo à necessidade. Não se pode tirar a erva em local que passa muita gente, longe de estrada, e deve ter o cuidado de tirar do pé para não machucar a planta e o melhor horário de tirar as ervas é pela manhã, quando estiver tirando pense positivo para atraír boa energia, e principalmente deve pedir licença a mãe natureza antes de tirar.
Hoje não temos grande diversidade de ervas na nossa comunidade, pois na época que as terras estava nas mãos dos fazendeiros, eles devastaram, com isso restaram poucas, desde da época estamos cultivando as ervas que nós mesmos plantamos.
Tem ervas que serve para fazer banhos para preparar o corpo e o espírito para as lutas do dia a dia. Há plantas que colocadas dentro de casa, espanta os males e as energias negativas.
Temos que preservar está tradição Cultural, que os nossos antepassados nos ensinaram, e também devemos ensinar às gerações futuras.”
(Judite Pataxó e Maura Titiah)

Fiquei lisonjeado de fazer este trabalho, pois foi ensinado a importância da natureza, o quanto devemos aproveitar de forma correta e inteligente esses recursos que ela nos presenteia, e também a importância de respeita-la.

(Fabrício Titiah)

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here