IMG_9190A farinhada é um processo onde é realizado a farinha de Mandioca, e assim é conhecida pelos índios Karapotó-Plaki-ô, este trabalho demonstra uma grande continuidade civica e cultural deste povo que a centenas de anos realiza este processo e com grande riqueza cultural com seus cantos e danças mostra uma grande união de um povo.

Mais antes tem o trabalho de preparação da terra, plantio e colheita com a divisão de responsabilidade entre as famílias. O homem prepara a terra e inicia o plantio juntos com sua mulher e seus filhos, na limpa geralmente as mulheres toma conta dos filhos menores e cuida da comida enquanto os homens convida seus irmãos Karapotó para realizarem um trabalho de mutirão, onde o pagamento é uma troca de favores fornecida pelo o dono do plantio, e ai inicia uma grande riqueza cultural com os cantos de mutirão entoados em duplas que conhecida pelos índios como desafio.

Na colheita é convidada novamente índios para colher e realizar a farinhada, os homens cuida de fazer a colheita e levar para a casa de farinha e as mulheres irão fazer a limpa da mandioca, após limpa homens colocam no catitu e tiram para prensar faz a divisão do material desde seu sumo até a farinha.

Na farinhada as mulheres juntam-se e inicia seu trabalho sempre com seus cantos, e suas responsabilidades, após o termino o dono da farinhada dá um agrado aos convidados com a farinha feita que segundo eles não há como pagar o favor feito pelos seus irmãos indígenas.

E o mais bonito é ver a grande união e a satisfação de um povo em continuar a sua tradição e que mesmo com os avanços tecnológicas ainda querem continuar tudo manualmente pois assim terão como preservar a sua cultura esta que vem se modificando através dos tempos, segundo alguns anciões Karapotó eles podem ter perdido a sua linguagem, a sua característica mais nunca perderão a sua ancestralidade.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here